Mercado abrirá em 7 mins

Empreendedor fatura R$ 67 milhões ajudando brasileiros a imigrar para os EUA

·2 min de leitura
Empreendedor brasileiro ajuda conterrâneos no processo imigratório. Foto: Getty Images.
Empreendedor brasileiro ajuda conterrâneos no processo imigratório. Foto: Getty Images.
  • Empreendedor brasileiro criou um escritório de assessoria para ajudar profissionais que desejam viver nos EUA;

  • Em 2021, a empresa de Wagner Pontes faturou US$ 12 milhões, e planeja crescer mais em 2022;

  • Criado em 2015, o D4U USA Group conta com seis escritórios no Brasil e nos EUA.

Wagner Pontes é um empreendedor brasileiro que abriu um escritório de assessoria para profissionais que desejam viver nos Estados Unidos. A ideia desse projeto veio após o empresário ter problemas com seu próprio processo migratório.

Em 2021, o negócio de Pontes faturou US$ 12 milhões, cerca de R$ 67,6 milhões, e pretende crescer mais em 2022.

O D4U USA Group foi criado em 2015 e atualmente conta com seis escritórios no Brasil e nos Estados Unidos, tendo 60 colaboradores diretos, entre eles um ex-funcionário da imigração americana.

Leia também:

Após começar a trajetória profissional no mercado de salões de beleza dos pais, Pontes continuou trabalhando no ramo durante sete anos, até atingir a posição de presidência em marcas como Enzo Cosmetics e Day Cosméticos.

Em 2013, decidiu começar a vida do zero nos Estados Unidos. Contudo, com problemas de visto, gerados por problemas de comunicação com o escritório responsável pelo trâmite, o empresário e a esposa tiveram que virar estudantes às pressas para não se tornarem imigrantes ilegais.

O estalo para iniciar o novo negócio veio desse problema burocrático. Ao perceber que havia uma baixa oferta de bons escritórios de assessoria para profissionais qualificados e investidores que desejavam ir para o país, Lopes criou a D4U USA Group.

Começando como um pequeno escritório, atualmente, estima-se que 10 mil imigrantes já tenham utilizado os serviços da empresa.

Em 2021, houve um registro de crescimento de 30%, quando comparado a 2020. Por volta de 85% da clientela é brasileira, enquanto os 15% restantes são hispânicos ou europeus.

A empresa ajuda com esclarecimentos para quem quer mudar para os Estados Unidos, contribuindo com orientações iniciais sobre possibilidade imigratória e também entrega de documentos para pleito de visto.

De acordo com Lopes, o perfil majoritário de quem imigrava era muitas vezes ilegal. Agora, o cenário mudou, afirma o empresário.

Dessa forma, o setor se tornou mais atraente para profissionais qualificados e pequenos empresários.

Ao todo, são mais de180 possibilidades migratórias, e as principais áreas com oportunidades para o pleito são dos setores de Engenharia, Tecnologia e Saúde, o que inclui enfermeiros e dentistas.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos