Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.572,54
    -3.849,18 (-6,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Empreendedor da educação, Flávio Augusto vê SaaS como grande aposta

·1 min de leitura

Educação sempre foi o principal investimento de Flávio Augusto, que começou a empreender aos 23, quando pegou um empréstimo e abriu a sua própria escola de inglês.“A melhor forma de distribuir renda é distribuindo conhecimento. Porque o conhecimento gera renda”, afirma o empresário que hoje, a frente da Wiser Educação, também aposta na tecnologia aliada à educação.

Além de multiplicar a sua fortuna com a venda da Wise Up para o grupo Abril (que depois recomprou por menos da metade do preço) e lucrar com a compra e revenda do clube de futebol Orlando City, Flávio Augusto também diz investir em produtos financeiros e, em um mundo cada vez mais digital, enxerga no Software como Serviço (SaaS) uma ótima opção para empreender.

Leia também:

“Precisei calçar as sandálias da humildade”

O autor da série de livros “Geração de Valor” conta que o encerramento de um setor de vendas da Wise UP, em 1999, o levou ao endividamento de aproximadamente US$ 3 milhões e que foi necessário “calçar as sandálias da humildade”, reconhecer o erro diante do seu time e vender um carro para retomar as rédeas do negócio.

Depois de ser vítima do próprio ego e aprender com o perrengue, Flávio Augusto não parou mais de crescer no empreendedorismo: vendeu a Wise Up para o grupo Abril; recomprou a empresa por menos da metade do preço; comprou o clube de futebol Orlando City, e também lucrou na venda de uma fatia dele. Hoje está à frente da holding Wiser, detentora de várias marcas de ensino direcionadas ao desenvolvimento de empreendedorismo e empregabilidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos