Mercado fechará em 6 h 29 min
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,72
    +1,71 (+2,37%)
     
  • OURO

    1.798,10
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    16.847,15
    +42,81 (+0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,91
    -6,13 (-1,52%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.481,01
    -8,18 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.538,25
    +28,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5076
    +0,0412 (+0,75%)
     

Emirates Airlines vai aceitar bitcoin na compra de passagens aéreas

No mundo, quase 30 mil empresas já aceitam criptomoedas como forma de pagamento. (Nicolas Economou/Getty Images)
No mundo, quase 30 mil empresas já aceitam criptomoedas como forma de pagamento. (Nicolas Economou/Getty Images)
  • Emirates quer usar blockchain, metaverso e criptomoeda para se conectar com os clientes;

  • Emirados Árabes Unidos já movimentam R$ 127 bilhões por ano em criptomoedas;

  • AirBaltic, da Letônia, já aceita o bitcoin para a compra de passagens.

A Emirates Airlines, a principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos e uma das maiores do mundo, anunciou que em breve vai começar a aceitar o bitcoin como uma forma de pagamento para passagens aéreas da companhia.

A empresa aérea pretende usar tecnologias digitais como blockchain, metaverso e criptomoeda como parte de seu plano para se conectar com os clientes. A Emirates tentará ainda usar a tecnologia blockchain para rastrear informações de voo, segundo informações do portal Arab News.

Os Emirados Árabes Unidos já movimentam cerca de R$ 127 bilhões (US$ 25 bilhões) por ano em criptomoedas. De acordo com dados da empresa de consultoria Chainalysis, de julho de 2020 a junho de 2021, os Emirados Árabes Unidos ficaram em terceiro lugar na região do Oriente Médio em termos de volumes de criptomoedas negociados.

O país só ficou atrás do Líbano R$ 132 bilhões (US$ 26 bilhões) e da Turquia R$ 673,3 bilhões (US$ 132,4 bilhões).

A Emirates não vai ser a primeira companhia aérea a aceitar a moeda digital como forma de pagamento. Desde de 2014, a AirBaltic, da Letônia, já aceita o bitcoin para a compra de passagens da empresa. A Volaris, de El Salvador, também adotou a moeda nas suas operações em 2021.

Cada vez mais popular

Somente no Brasil, mais de 900 estabelecimentos no Brasil já aceitam as criptomoedas em pagamentos, segundo a CoinMap. No mundo, esse número salta para quase 30 mil, com empresas como a Gucci, Rappi e Foxbit adotando a novidade.

Em 2021, o investimento em criptoativos no Brasil alcançou US$ 5,995 bilhões, segundo dados do Banco Central, o maior volume anual desde que o órgão começou a registrar as operações em 2017. Os dados até fevereiro mostram continuidade do crescimento, acumulando US$ 6,210 bilhões.