Mercado fechará em 2 h 18 min
  • BOVESPA

    117.024,27
    +794,16 (+0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.831,11
    -215,47 (-0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,68
    +1,16 (+1,34%)
     
  • OURO

    1.720,00
    -10,50 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    20.204,58
    +247,82 (+1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,95
    -0,46 (-0,10%)
     
  • S&P500

    3.777,33
    -13,60 (-0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.254,76
    -61,56 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.052,62
    -33,84 (-0,48%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.120,53
    +128,32 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.586,00
    -54,75 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1344
    -0,0335 (-0,65%)
     

Emirados Árabes estão prestes a lançar sua primeira missão lunar

O rover será lançado a bordo de um foguete Falcon 9 da SpaceX (Getty Image)
O rover será lançado a bordo de um foguete Falcon 9 da SpaceX (Getty Image)
  • Emirados Árabes querem fazer parte da corrida espacial

  • Disputa é dominada pelos Estados, Rússia e China

  • Missão deve acontecer entre os dias 9 e 15 de novembro

Cada vez mais nações têm investido no setor espacial. Dessa vez, são os Emirados Árabes que pretendem decolar para dentro do mercado aeroespacial.

Nesta semana, os EAU anunciaram que pretendem lançar o primeiro rover lunar em breve De acordo com Hamad Al Marzooqi, gerente da missão, o astromóvel será enviado a partir do Centro Espacial Kennedy, da NASA, na Flórida, entre 9 e 15 de novembro.

Marzooqi disse ao The National, um jornal vinculado ao governo, que a data exata da missão será divulgada no próximo mês. Na ocasião, o rover será lançado a bordo de um foguete Falcon 9 da SpaceX, para ser depositado na Lua através de um módulo de pouso japonês em março de 2023.

“Terminamos com os testes do rover e estamos felizes com os resultados”, disse Al Marzooqi. “O rover foi integrado com o lander e está pronto para o lançamento", explicou.

A realização da missão faz parte da campanha mais ampla dos Emirados Árabes para se tornar um grande concorrente na corrida espacial. Atualmente, essa disputa é dominada pelos Estados, Rússia e China, únicas nações que já pousaram na Lua.

A missão tem como objetivo estudar a superfície lunar, a mobilidade na superfície do satélite natural e como diferentes materiais interagem com partículas da Lua. No futuro, a nação tem como objetivo criar o satélite comercial mais avançado do Oriente Médio para captar imagens de alta resolução.

Pensando em um nível mais utópico, cientistas estudam formar uma uma colônia humana até 2117 em Marte.