Mercado abrirá em 7 h 54 min
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,79 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,80 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,60
    +2,11 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.671,10
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.107,89
    -218,33 (-1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,32
    -9,10 (-2,05%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,09 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.018,62
    -204,21 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    26.089,51
    +152,30 (+0,59%)
     
  • NASDAQ

    10.980,50
    -55,00 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3114
    +0,0035 (+0,07%)
     

Emirados Árabes Unidos estão alinhados à visão saudita nos mercados de petróleo, diz fonte

FOTO DO ARQUIVO: Funcionário da Saudi Aramco é visto nas instalações da Natural Gas Liquids (NGL) no campo petrolífero Shaybah da Aramco

DUBAI (Reuters) - Os Emirados Árabes Unidos estão alinhados com o pensamento da Arábia Saudita sobre os mercados de petróleo bruto, disse à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto na sexta-feira.

A Arábia Saudita, líder de fato da Opep, sinalizou na segunda-feira a possibilidade de introduzir cortes de produção para equilibrar o mercado de petróleo.

Após a declaração do ministro da Energia da Arábia Saudita, príncipe Abdulaziz bin Salman, houve uma onda de apoio expresso pelos estados membros da Opep+, incluindo Iraque, Venezuela e Cazaquistão, sobre a prontidão do grupo de produtores de intervir e restaurar o equilíbrio no mercado de petróleo.

Não houve nenhuma declaração oficial dos Emirados Árabes Unidos.

(Por Maha El Dahan)