Mercado abrirá em 1 h 52 min
  • BOVESPA

    112.273,01
    -43,15 (-0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.521,43
    -253,48 (-0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,73
    -1,17 (-1,50%)
     
  • OURO

    1.919,90
    -19,30 (-1,00%)
     
  • BTC-USD

    22.891,57
    -294,59 (-1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    519,10
    -18,78 (-3,49%)
     
  • S&P500

    4.017,77
    -52,79 (-1,30%)
     
  • DOW JONES

    33.717,09
    -260,99 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.734,48
    -50,39 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    21.842,33
    -227,40 (-1,03%)
     
  • NIKKEI

    27.327,11
    -106,29 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.919,25
    -48,75 (-0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5292
    -0,0178 (-0,32%)
     

Emily em Paris | O que você precisa lembrar para assistir à temporada 3?

A terceira temporada de Emily em Paris já está com data marcada para chegar à Netflix. A série, criada por Darren Star e estrelada por Lily Collins, fala sobre carreira, moda e romance em um cenário inspirador da capital francesa.

Idealizada pelo mesmo responsável por Sex and the City, Emily em Paris traz consigo muitas referências à trama da década de 1990, mas adaptada para a modernidade, claro. Emily é uma executiva de marketing de Chicago, nos Estados Unidos, que aceita se aventurar em uma empresa de Paris para levar um pouco da perspectiva norte-americana de fazer negócios. Assim como a Carrie de Sarah Jessica Parker, a protagonista da série da Netflix também é uma amante da moda e de roupas extravagantes.

Com a temporada 3 prestes a estrear na Netflix, é hora de relembrar dos principais acontecimentos das duas primeiras temporadas de Emily em Paris e se aquecer para o que está por vir.

<em>Emily em Paris é criada por Darren Star, que também criou Sex and the City (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Emily em Paris é criada por Darren Star, que também criou Sex and the City (Imagem: Divulgação/Netflix)

Temporada 1

Mudança

Logo no começo de Emily em Paris, vemos Emily de mudança para a cidade, deixando todo o conforto que tinha em Chicago para mergulhar em uma nova cultura e idioma. Chegando na nova cidade, a língua já se torna uma barreira, claro, porque ela não sabe nada de francês. No começo da mudança, ela achou que seria possível manter o seu relacionamento à distância, ou ainda que o namorado pudesse se mudar para Paris, mas nada disso aconteceu.

Mas está tudo bem, pois a fila de Emily já está andando e ela começa a flertar com o vizinho de cima, Gabriel (Lucas Bravo) que trabalha como chef de um restaurante. Depois de se encontrarem algumas vezes no apartamento de Gabriel eles trocam beijos, mas logo Emily descobre que ele tem namorada, a Camille (Camille Razat), com quem já estava criando uma amizade. Ela promete que nunca mais terá nada com ele, mas é uma promessa bastante difícil de cumprir.

Quando Gabriel revela que está se mudando para a região francesa de Normandia, Emily decide que ele não pode ir embora sem que ela saiba de seus sentimentos e eles acabam dormindo juntos. Ao fim da temporada, então, ela descobre que ele vai continuar em Paris ao mesmo tempo em que Camille a manda uma mensagem dizendo que elas precisam conversar.

<em>Emily está apaixonada pelo namorado de Camille, Gabriel (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Emily está apaixonada pelo namorado de Camille, Gabriel (Imagem: Divulgação/Netflix)

Amizades e mais interesses românticos

Enquanto nutre sentimentos por Gabriel, Emily está a cada vez mais amiga de Camille, a quem conheceu em uma floricultura. Mas a amizade mais intensa da protagonista é com Mindy (Ashley Park), natural de Xangai, e aos poucos ela descobre que a nova amizade está em Paris fugindo da sua vida passada após um trauma sofrido em um grande concurso de talentos da China. Mindy deixa o talento para a música de lado para se aventurar como babá na capital da França.

Além de Gabriel, Emily aproveita a solteirice para conhecer outras pessoas. O primeiro deles é Thomas, um professor de filosofia com um comportamento bastante esnobe, que logo foi dispensado. Depois, ela conheceu Timothée, irmão de Camille, e teve um rápido romance com o rapaz durante uma viagem à vinícola da família da amiga. Porém, tudo acabou quando ela descobriu que o jovem era jovem mesmo e tinha apenas 17 anos.

Por último, trabalhando com o designer Pierre Cadault, Emily conheceu Mathieu Cadault. O homem leva a nossa protagonista para encontros românticos e cheios de glamour, mas o clima é interrompido pelas ameaças de Pierre a cancelar o seu desfile de moda.

<em>Emily se torna muito amiga de Mindy (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Emily se torna muito amiga de Mindy (Imagem: Divulgação/Netflix)

Influenciadora, conquistas e falhas

Sem esperar, Emily acaba se tornando uma influenciadora digital após trabalhar na conta da empresa Vaga-Jeune, um produto para mulheres na menopausa. Ela viraliza quando descobre que a palavra "vagina" em francês é no masculino e faz uma postagem sobre isso, que é compartilhada centenas de milhares de vezes e a faz ganhar muitos seguidores.

Mas em meio às vitórias, Emily também sofre algumas perdas. Com a campanha do Vaga-Jeune em mãos e também do perfume De l'Heure, ela também é convidada para desfilar em um evento de caridade usando um dos vestidos de Pierre Cadault. Até aí, tudo bem, mas ativistas do Gray Space atiram bolas de tinta nela e no vestido, e as fotos acabam saindo na imprensa.

Temporada 2

Amor e amizade

No começo da segunda temporada de Emily in Paris, vemos que a personagem já está adaptada à vida em Paris, mas não consegue se concentrar no trabalho por ainda pensar muito em Gabriel. Enquanto isso, Camille continua tentando falar com ela, dizendo que Gabriel está estranho e quer descobrir o que é.

Depois do envolvimento com Gabriel e Camille, Emily conheceu Alfie (Lucien Laviscount), um bancário da Inglaterra, e logo começou a se relacionar com ele. O rapaz, no entanto, está voltando para Londres, mas quer manter um relacionamento à distância com a amada.

<em>Emily conhece Alfie (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Emily conhece Alfie (Imagem: Divulgação/Netflix)

Quando Camille descobre sobre o caso de Emily e Gabriel, chega a sugerir um pacto para que nenhuma delas fique com ele novamente, e a protagonista acaba concordando mesmo sem vontade nenhuma de cumprir.

Enquanto elas não se decidem, Gabriel está abrindo um novo restaurante, o Chez Lavaux. Como de tudo acontece em Emily in Paris, Gabriel chega a fazer amizade com Alfie no local, até que descobrem que gostam da mesma mulher.

Trabalho

Enquanto lida com os problemas românticos, Emily se engaja no trabalho e até começa a se dar melhor com os colegas. Mas a personagem, claro, também se envolve em algumas ciladas, e acaba instigando a rivalidade entre Grégory Elliott Duprée e Pierre Cadault.

No escritório, Sylvie e seus funcionários pedem demissão para abrir outra empresa de marketing, e convidam Emily para participar. No fim, a protagonista ainda não decidiu se continua no trabalho atual, volta para os Estados Unidos ou mergulha de vez em uma nova oportunidade.

<em>Mindy segue com a carreira de artista (Imagem: Divulgação/Netflix)</em>
Mindy segue com a carreira de artista (Imagem: Divulgação/Netflix)

Mindy também tem sua história desenvolvida na temporada 2, se junta a uma banda ao lado de Benoît e Étienne. Mindy e Benoît, então, começam a desenvolver sentimentos, mas o rapaz termina com ela ao descobrir que o pai dela é um bilionário. Eventualmente, eles se reconciliam.

Emily, agora, precisa decidir não só sobre o seu futuro profissional, como nos sentimentos. Ela ainda gosta de Gabriel, mas ele está morando com Camille, e não gosta o suficiente de Alfie e o namoraria apenas para seguir em frente.

Vamos descobrir a resposta de tudo isso na terceira temporada de Emily in Paris, que estreia no dia 21 de dezembro na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: