Mercado abrirá em 9 h 43 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,55
    +0,64 (+1,43%)
     
  • OURO

    1.807,10
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    19.005,48
    -63,02 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    378,62
    +8,87 (+2,40%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.902,91
    +314,71 (+1,18%)
     
  • NIKKEI

    26.607,18
    +441,59 (+1,69%)
     
  • NASDAQ

    12.160,25
    +84,25 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4016
    +0,0047 (+0,07%)
     

Emicida faz manifesto no documentário AmarElo - É Tudo Pra Ontem; veja o trailer

Laísa Trojaike
·2 minuto de leitura

A música AmarElo tocou multidões por seu conteúdo sensível e urgente quando o clipe foi lançado em 25 de junho do ano passado. Além disso, a música conta ainda com a presença de Pablo Vittar e Majur, que apareceram também no recém lançado trailer do documentário AmarElo - É Tudo Pra Ontem.

Segundo informações oficiais da Netflix, que produziu o filme, AmarElo - É Tudo Pra Ontem “mergulha no processo criativo e na gravação do projeto de estúdio AmarElo e ainda no show de Emicida no Theatro Municipal de São Paulo, em 2019, para contar a história da cultura negra do Brasil nos últimos 100 anos”.

AmarElo - É Tudo Pra Ontem contou com a produção de Evandro Fióti e direção de Fred Ouro Preto, mais conhecido por seus trabalhos em clipes como os de Na Batida e Cobertor (feat. Projota), ambos da cantora Anitta. O documentário é também uma realização do Laboratório Fantasma, que produziu o videoclipe de AmarElo.

Imagem: Reprodução/Sony Music Entertainment
Imagem: Reprodução/Sony Music Entertainment

Para além do próprio Emicida, AmarElo - É Tudo Pra Ontem conta com a presença de Fernanda Montenegro, Zeca Pagodinho e Pabllo Vittar, que concederam entrevistas para o documentário. Além das imagens documentais, de bastidores e de arquivo, outro elemento dos videoclipes de Emicida, a animação, também foi incorporado ao filme. A Netflix compartilhou uma declaração do Emicida sobre o documentário:

Foram as histórias dos livros e dos filmes que me fizeram sonhar com outra possibilidade de ser, viver e existir. A ideia do documentário é a de colocar as pessoas em contato com uma história que as façam se perguntar: se já houve neste país tanta grandiosidade, por que essas histórias vão sendo, de alguma maneira, invisibilizadas e esquecidas? Estou feliz que vamos conseguir apresentar em escala global outra perspectiva a respeito do Brasil. Isso é mágico.

AmarElo - É Tudo Pra Ontem irá estrear com exclusividade no catálogo da Netflix em 8 de dezembro, sendo uma das principais estreias do mês na plataforma.

Imagem: Reprodução/Netflix
Imagem: Reprodução/Netflix

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: