Embraer e Republic Airways assinam acordo para venda de 94 aviões E175

Rio de Janeiro, 24 jan (EFE).- A Embraer anunciou nesta quinta-feira que assinou um contrato com a companhia aérea americana Republic Airways para a venda de 94 aviões modelo E175.

O acordo contempla inicialmente 47 aviões, que começarão a ser entregues no meio do ano, e a opção de compra de mais 47 unidades, todas elas com capacidade para 76 passageiros, o que deixaria o valor da transação em US$ 4 bilhões.

Segundo o presidente e executivo-chefe de Embraer Aviação Comercial, Paulo Cessar Silva, "o E175 é o avião mais tecnologicamente avançado, eficiente e confortável de sua categoria, e representa o melhor valor para as companhias aéreas por também oferecer o menor custo operacional."

A Embraer, o terceiro maior fabricante de aviões do mundo, informou que realizou melhorias no modelo E175 que já poderão ser usadas nos aviões vendidos para a Republic Airways, como novas "wingtips", pequenas extensões nas asas que reduzem a resistência do ar, melhoram a aerodinâmica e permitem reduzir o consumo de combustível em 5%.

Atualmente, doze empresas aéreas utilizam mais de 150 modelos E175, segundo a Embraer, e a Republic Airways foi a primeira empresa americana a empregá-lo, em 2004.

A Republic Airways reúne companhias areas regionais como Chautauqua Airlines, Frontier Airlines, Republic Airlines e Shuttle América, e realiza cerca de 1.500 voos regulares diariamente para 145 cidades dos Estados Unidos, além de locais como Bahamas, Canadá, Costa Rica e República Dominicana. EFE

Carregando...