Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.024,95
    +80,89 (+0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Embraer registra perdas em resultados do 3º trimestre

A fabricante brasileira de aviões Embraer anunciou, nesta segunda-feira (14), um prejuízo líquido de 160,4 milhões de reais no terceiro trimestre de 2022, depois de reportar lucro nos três meses anteriores.

A queda, no entanto, é menor que a do terceiro trimestre de 2021, quando a empresa reportou 234,2 milhões de reais de prejuízo.

Os resultados refletem, paralelamente, uma redução da arrecadação total, "principalmente por menor receita na unidade de Defesa & Segurança", mas "parcialmente compensada por maiores receitas na Aviação Comercial, Aviação Executiva e Serviços & Suporte", de acordo com o comunicado da companhia.

Em comparação com o terceiro trimestre de 2021, as receitas nessas categorias subiram: 5% na aviação comercial, 6% na executiva e 7% em serviços e suporte. Por outro lado, caíram 42% em defesa e segurança.

Os ganhos da fabricante brasileira voltaram a cair depois de um crescimento de 74,2 milhões de dólares no segundo trimestre de 2022 e prejuízos de 31,7 milhões entre janeiro e março.

No terceiro trimestre de 2022, a Embraer entregou 10 aeronaves comerciais (modelos E175 e E195-E2) e 23 jatos executivos.

Neste ano, a companhia já entregou 79 aeronaves até o momento: 27 comerciais e 52 executivas.

A empresa explicou que os pedidos de 2022 foram concentrados para o último trimestre devido às interrupções na cadeia de suprimentos que continua afetando a indústria aeronáutica.

A Embraer fechou o terceiro trimestre com uma dívida líquida de 1,3 bilhão de dólares, mais que os 1,2 bilhão do trimestre anterior, mas inferior ao mesmo período de 2021, quando o passivo chegava a 1,8 bilhão de dólares.

rsr/dga/rpr