Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.435,60
    +739,42 (+3,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Embraer entrega 32 jatos no 2° tri, carteira de pedidos atinge maior nível em 4 anos

Embraer

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de aeronaves Embraer disse nesta segunda-feira que entregou 32 jatos no segundo trimestre de 2022, sendo 11 comerciais e 21 executivos, em um sinal de que as operações da companhia estão ganhando ritmo após um primeiro trimestre morno.

A Embraer afirmou que sua carteira de pedidos firmes encerrou o trimestre em 17,8 bilhões de dólares, o nível mais alto desde 2018 e um aumento de 12% em relação ao mesmo período do ano passado.

A carteira não inclui um novo pedido de 20 aeronaves E195-E2 pela Porter Airlines, avaliado em 1,56 bilhão de dólares, que foi anunciado semana passada no Farnborough Airshow. A encomenda será adicionada aos números do terceiro trimestre, disse a Embraer.

No entanto, a carteira do segundo trimestre já inclui o pedido de oito novos jatos E175 pela Alaska Air Group, segundo a Embraer. O negócio também foi anunciado na última semana.

A entrega de 32 jatos no segundo trimestre pela Embraer aponta aceleração frente aos três primeiros meses do ano, quando a fabricante entregou 14 jatos no total, mas leve queda ante o desempenho de um ano antes, de entrega de 34 jatos.

Os resultados ficaram aproximadamente em linha com as expectativas dos analistas do Itaú BBA, que projetaram na semana passada um declínio de um dígito nas entregas ano a ano, para 30 aeronaves.

O time da XP Investimentos estimou a entrega de 29 aeronaves no segundo trimestre, com expectativa de que os negócios aumentem no final do ano.

"Esperamos que as entregas de aeronaves sejam mais concentradas no segundo semestre", escreveu a equipe da XP.

(Por Gabriel Araujo)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447500))

REUTERS AR

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos