Mercado fechado

Embaixadora das Filipinas é obrigada a deixar o Brasil após agredir empregada

Extra
·1 minuto de leitura
Marichu Mauro atuava no Brasil desde 2018
Marichu Mauro atuava no Brasil desde 2018

A embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro, foi repatriada após ter sido flagrada agredindo uma empregada doméstica na residência diplomática, em Brasília. A informação foi compartilhada no Twitter pelo secretário de Relações Exteriores do país, Teodoro Locsin Jr.

"A embaixadora das Filipinas no Brasil foi chamada de volta imediatamente para explicar os maus-tratos contra sua equipe", disse Locsin.

Em nota, o Departamento de Relações Exteriores (DFA, na sigla em inglês) informou que a doméstica, de 51 anos, deixou a capital brasileira no dia 21 de outubro e também está de volta às Filipinas.

"O DFA está entrando em contato com ela para garantir seu bem-estar e cooperação na investigação. O DFA garante ao público que conduzirá uma investigação rigorosa”, acrescentou.

Marichu Mauro é diplomata de carreira e foi nomeada embaixadora no Brasil em 2018. Ela tambpem já atuou em cargos na Bélgica e na Itália.

As imagens das agressões foram reveladas no domingo (25) pelo "Fantástico", da TV Globo e foram usadas como prova em uma denúncia contra a diplomata firmada no fim de agosto.