Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,44 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,45 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,81
    -0,22 (-0,55%)
     
  • OURO

    1.924,30
    -5,20 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    12.874,80
    +1.817,79 (+16,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    257,72
    +12,83 (+5,24%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,98 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.776,50
    -112,72 (-1,91%)
     
  • HANG SENG

    24.754,42
    +184,92 (+0,75%)
     
  • NIKKEI

    23.506,00
    -61,00 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.632,00
    -59,25 (-0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6510
    +0,0010 (+0,02%)
     

Embaixada da Rússia no Brasil diz que está tomando medidas para tentar libertar Robson Oliveira

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Robson está preso na Rússia, mas Fernando já se transferiu para a China (Foto: Reprodução)
Robson está preso na Rússia, mas Fernando já se transferiu para a China (Foto: Reprodução)

A Embaixada da Rússia no Brasil divulgou um comunicado para dizer que está tomando “todas as medidas necessárias” para tentar ajudar Robson Oliveira, motorista do jogador Fernando, que está preso no país.

“Nos últimos dias temos recebido um grande número de mensagens pedindo apoio da Embaixada ao cidadão brasileiro Robson do Nascimento Oliveira, que se encontra na Rússia respondendo a processo criminal por acusação de contrabanda de drogas em conformidade com a legislação da Federação da Rússia”, postou a Embaixada nas redes sociais.

“Informamos que a Embaixada está tomando todas as medidas necessárias para transmitir estas mensagens às autoridades responsáveis da Federação da Rússia e acompanha com atenção todos os desdobramentos da situação.”

Leia também

O pronunciamento foi feito no mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se posicionou quanto ao assunto. Bolsonaro disse que foi informado pela situação por Felipe Melo, jogador do Palmeiras, e que poderia falar diretamente com Vladimir Putin, presidente da Rússia, para tentar resolver a situação.

Robson, que era funcionário de Fernando, viajou para a Rússia, com bagagens enviadas pela família do jogador. Nas malas havia o remédio Mytedom 10 mg, considerado uma droga no país. Robson foi preso, enquanto Fernando não sofreu qualquer consequência e se transferiu para um clube da China. O caso foi divulgado pelo Esporte Espetacular, da TV Globo.