Mercado abrirá em 1 h 19 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,16
    +0,87 (+1,24%)
     
  • OURO

    1.767,00
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    43.452,39
    -708,75 (-1,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.089,87
    -44,51 (-3,92%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.982,94
    +79,03 (+1,14%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.123,00
    +113,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2466
    +0,0019 (+0,03%)
     

Em um ano, Santos teve oito atletas com lesões de ligamento cruzado anterior

·3 minuto de leitura


O departamento médico do Santos começa a ligar o alerta para as lesões em meio ao calendário do futebol na pandemia. Entre categorias de base, Sereias da Vila e equipe principal foram oito atletas que tiveram problema no ligamento cruzado anterior do joelho. São eles: o lateral-direito Cadu, o lateral-esquerdo Natan, o atacante Felipe Laurindo, a zagueira Tayla, os volantes Sandry, Jobson e Kevin Malthus e o meia Carlos Sánchez.

A primeira lesão foi do uruguaio Sánchez, que foi operado em outubro do ano passado após romper o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo na vitória de 3 a 2 do Peixe sobre o Olímpia, pela Copa Libertadores. Dias depois do meia, o lateral-direito Cadu, que estava no Sub-20, também sofreu essa lesão no joelho esquerdo em um dos treinos pela base. Ele havia retornado aos gramados depois de dez meses com a mesma lesão, mas voltou a viver o drama. A dupla hoje segue à disposição do Santos, Sánchez vêm de uma sequência na titularidade sob o comando de Diniz e Cadu voltou a ser titular na equipe Sub-23 na semana passada.

O volante Jobson vai completar seis meses de cirurgia na próxima sexta-feira. Ele sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior e no menisco lateral do joelho direito na vitória do Santos por 2 a 1 contra Botafogo, em 17 de janeiro, na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro. Ele segue em transição e deve começar a trabalhar gradualmente com o grupo.

Em março, a zagueira Tayla sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito durante um treino das Sereias da Vila e ainda não está a disposição da técnica Tatiele Silveira. No mês seguinte, o volante Sandry teve uma entorse no joelho direito em um dos treinos do Santos e o resultado do exame apontou a lesão no ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito. Ele deve desfalcar o resto da temporada.

O atacante Felipe Laurindo, que era uma das apostas do Santos para o Brasileirão Sub-17, sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior no joelho esquerdo no início de maio antes da competição iniciar e segue se recuperando. O jovem Natan, lateral esquerdo contratado recentemente para as categorias de base do Santos, sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior e colateral do joelho esquerdo em um treinamento ainda em julho.

A mais recente do volante Kevin Malthus que sofreu ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito durante o treino realizado no CT da Chapecoense na última segunda-feira e ainda passará por cirurgia. O jogador se destacou pelo Brasileiro de Aspirantes na semana passada e foi chamado por Diniz.

Outros problemas físicos também começaram a aparecer. Vice-artilheiro do Peixe na temporada, o atacante Marinho é dúvida para a partida contra a Juazeirense. O camisa 11 têm sentido dor no músculo reto-femural da lesão que ele teve no início da chegada de Fernando Diniz.

O zagueiro Danilo Boza sentiu um desconforto no músculo posterior da coxa esquerda no treino da última sexta-feira e também é incógnita para o comandante santista que teve outro problema na zaga na partida contra a Chapecoense. Luiz Felipe começou como titular e teve que ser substituído no intervalo pois sentiu um desconforto no músculo adutor da perna esquerda.

Fernando Diniz terá uma sequência pesada em agosto com clássico pelo Brasileiro e o mata-mata pelas quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Libertad.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos