Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.252,22
    +1.146,38 (+3,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Em trimestre de queda, Xiaomi foi a única empresa que vendeu mais celulares

Diego Sousa
·1 minuto de leitura

A Gartner, uma das empresas de consultoria mais conceituadas do mundo, divulgou nesta segunda-feira (1) os resultados do primeiro trimestre de 2020 no mercado global de celulares. Como era de se esperar, o impacto do novo coronavírus na indústria fez com que as vendas caíssem 20,2% em relação ao mesmo período do ano passado, mas uma empresa se destacou positivamente durante a pandemia.

Entre as cinco maiores fabricantes do mundo, somente a Xiaomi tem motivos para comemorar, já que foi a única empresa a registrar ganhos durante os três primeiros meses de 2020. A diferença foi pouca — apenas 1,4 pontos percentuais comparado com o 1º tri do ano passado —, mas considerável, visto que suas concorrentes perderam quase 30% de suas vendas.

OPPO e Huawei foram as fabricantes que mais sofreram com a pandemia, com quedas de 24,2% e 27,3%, respectivamente, seguidas pela Samsung, que caiu 22,7%. A Apple, por sua vez, dona do celular mais vendido do primeiro trimestre segundo a Omdia, teve quedas de 8,2% com relação ao mesmo período do ano passado.

Apesar da queda nas vendas, Apple e Oppo registraram uma maior participação de mercado, enquanto Samsung e Huawei perderam espaço nos primeiros meses do ano. Além do saldo positivo, a chinesa Xiaomi conquistou 9,3% do mercado, um aumento de dois pontos percentuais.

Confira a lista completa abaixo:

Xiaomi foi a única empresa que teve resultados positivos durante o 1º trimestre de 2020, enquanto Samsung, Apple e Huawei registraram perdas (Foto: Divulgação/Gartner)
Xiaomi foi a única empresa que teve resultados positivos durante o 1º trimestre de 2020, enquanto Samsung, Apple e Huawei registraram perdas (Foto: Divulgação/Gartner)

Fonte: Canaltech