Mercado fechado

Em reta final de campanha, Trump e Biden fazem comícios na Flórida

·2 minuto de leitura

Candidatos tentam levar eleitores que ainda não votaram às urnas antes da data final do pleito O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o candidato democrata, Joe Biden, farão nesta quinta-feira comícios na Flórida, Estado-chave para as ambições de ambos para vencer as eleições americanas na próxima terça-feira. Mais de 73 milhões de americanos já votaram de forma antecipada e os dois candidatos estão tentando fazer com que os eleitores que ainda não foram às urnas votem antes da data final do pleito. Tradicionalmente, os republicanos deixam para votar em cima da hora, enquanto os democratas preferem votar antecipadamente. No entanto, a pandemia de covid-19 leva o cenário eleitoral a um clima de incertezas sem precedentes. Andrew Harnik/AP Tanto Trump como Biden farão campanha em Tampa nesta quinta, em eventos separados por apenas uma hora. A região, no oeste da Flórida, é conhecida por sua rápida expansão demográfica e subúrbios em crescimento, sendo um palco ideal para uma batalha eleitoral entre os dois candidatos. O democrata continua apostando nas críticas sobre como o governo do adversário lidou com a pandemia de covid-19. Já Trump rebate dizendo que o país está perto de derrotar o vírus, apesar do número de casos estar crescendo em todo o país. “Mesmo se eu ganhar, vai dar muito trabalho acabar com essa pandemia”, disse Biden em discurso em Wilmington, em Delaware, na quarta-feira. “Não estou fazendo campanha com base em falsas promessas de que poderia acabar com essa pandemia como alguém que apaga uma luz, mas prometo a vocês: desde o primeiro dia, faremos a coisa certa”, acrescentou o democrata. Trump passou a quarta no Arizona, aproveitando-se das regras sanitárias mais flexíveis para organizar grandes comícios. Milhares de eleitores sem máscaras se aglomeraram para ver o presidente. A tendência é que eventos do tipo sejam repetidos até o fim da campanha. Após a Flórida, Biden segue para outros três Estados conquistados por Trump em 2016: Iowa, Wisconsin e Michigan. No último destes comícios, no sábado, ele ganhará a companhia do ex-presidente Barack Obama.