Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,38
    -0,07 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.717,50
    -3,30 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    19.986,13
    -407,68 (-2,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,44
    -8,69 (-1,88%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.863,01
    -149,14 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    27.179,26
    -132,04 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.535,50
    -6,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1177
    +0,0042 (+0,08%)
     

Em propaganda eleitoral, Bolsonaro afirma que Auxílio Brasil passará para R$ 800

Recentemente, governo enviou ao Congresso Nacional uma proposta de Orçamento que prevê o valor de R$ 400 para o benefício em 2023 (Photo Illustration by Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Recentemente, governo enviou ao Congresso Nacional uma proposta de Orçamento que prevê o valor de R$ 400 para o benefício em 2023 (Photo Illustration by Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Bolsonaro prometeu um novo valor para o Auxílio Brasil: R$ 800;

  • Aumento temporário do valor do Auxílio Brasil para R$ 600 até dezembro foi vista por especialistas como uma tentativa de melhorar a popularidade do presidente;

  • Ampliação do benefício só foi possível através do decreto de calamidade.

Em propaganda eleitoral exibida na televisão nesta quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu um novo valor para o Auxílio Brasil: R$ 800. Candidato à reeleição, ele não especificou de onde sairá o valor a mais necessário, mas afirmou que a medida se trata de um "incentivo ao trabalho".

Recentemente, o governo enviou ao Congresso Nacional uma proposta de Orçamento que prevê o valor de R$ 400 para o benefício em 2023. No entanto, na última terça-feira (6), Bolsonaro havia prometido que o Auxílio Brasil vai continuar em R$ 600 a partir do ano que vem. O chefe do Executivo ainda declarou: "Tudo o que faço e falo tem aval do Paulo Guedes", citando o ministro da economia em entrevista à Jovem Pan.

O aumento temporário do valor do Auxílio Brasil para R$ 600 até dezembro foi vista por especialistas como uma tentativa de melhorar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro em ano de eleição. Na ocasião, o Planalto teve que decretar estado de calamidade pública usando como justificativa justamente a guerra na Ucrânia.

Por desrespeitar várias regras fiscais, inclusive o teto de gastos, a ampliação do benefício só foi possível através do decreto de calamidade. Para continuar com o valor pro ano que vem, Bolsonaro já falou em usar recursos de vendas de estatais e de taxação de lucros e dividendos.

Dados do instituto de pesquisas Datafolha divulgados na última sexta-feira (2) mostram que 24% dos eleitores entrevistados recebem ou moram com alguém que recebe o Auxílio Brasil.

O Datafolha aponta ainda que, entre os eleitores que recebem o Auxílio Brasil, 56% têm intenção de votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), enquanto 28% pretendem votar no presidente Jair Bolsonaro (PL).

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)