Mercado abrirá em 9 h 33 min
  • BOVESPA

    121.241,63
    +892,84 (+0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.458,02
    +565,74 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,34
    -0,02 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.839,50
    +9,60 (+0,52%)
     
  • BTC-USD

    36.769,41
    -170,20 (-0,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    720,38
    -14,77 (-2,01%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.720,65
    -15,06 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    29.383,60
    +520,83 (+1,80%)
     
  • NIKKEI

    28.600,58
    +358,37 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.887,00
    +84,75 (+0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4019
    +0,0066 (+0,10%)
     

Em primeira eleição com segundo turno na história, cidade de Paulista, em Pernambuco, tem quatro pessoas presas

·1 minuto de leitura
In this photo illustration a woman simulates a vote in the electronic ballot box used in the elections of Brazil.
(Foto: Getty Images)

Pela primeira vez na história, a cidade de Paulista, em Pernambuco, tem segundo turno. De acordo com o Ministério Público de Pernambuco, quatro pessoas foram presas no município. Até às 11h, em todo o Brasil, 18 pessoas haviam sido detidas.

O pleito é disputado entre Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB). A cidade tem cerca de 334 mil pessoas, sendo 216 mil eleitores.

Uma das prisões foi de uma mesária, que estaria orientando eleitores a votarem em um dos candidatos. O caso ocorreu na Escola Estadual Maria Alves Machado.

Leia também

Na frente da mesma escola, duas pessoas foram presas por promoverem aglomerações. O quarto caso foi de um homem que fazia boca de urna e distribuía santinhos e dinheiro para pessoas que estavam a caminho da votação.