Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    59.074,92
    +1.906,03 (+3,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Em novo teste com foguete New Shepard, Blue Origin realizará "ensaio" de voo

Danielle Cassita

Nesta semana, a Blue Origin, empresa espacial de Jeff Bezos, deverá avançar mais um passo em direção ao objetivo de transportar astronautas a bordo de sua própria espaçonave. Na próxima quarta-feira (14), será realizada a missão NS-15, um teste de voo não tripulado, no qual o foguete New Shepard será lançado durante uma janela que se abre às 10h, no horário de Brasília.

Este é um veículo que une foguete e cápsula em um só sistema, capaz de transportar até três tripulantes. Futuramente, a empresa planeja usá-lo para transportar clientes pagantes em breve viagens para o espaço, e a nave também poderá levar cargas em seu interior. O New Shepard é automatizado e reutilizável, assim como os foguetes utilizados atualmente pela SpaceX. Assim, a ideia é que esse teste seja feito na forma de um ensaio operacional, como uma preparação para os futuros voos tripulados.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Durante o teste, a equipe da Blue Origin subirá pela torre de lançamentos, se acomodar nos assentos da cápsula, realizar checagens de comunicação, entre outras ações. Então, a equipe da torre de operações vai preparar a cápsula para o lançamento e fechar a escotilha brevemente para que, pouco antes do lançamento, eles saiam dali. Depois do pouso, a equipe no papel dos astronautas vai voltar para a cápsula para simular a abertura da escotilha e os procedimentos de saída, como se eles estivessem a bordo o tempo todo.

Aliás, seria injusto dizer que não haverá nenhum passageiro a bordo: a cápsula será “tripulada” por Mannequin Skywalker, o boneco de testes usado pela empresa para coltar dados sobre como o lançamento poderia afetar os astronautas. O boneco, que já foi usado em outros voos, irá levar mais de 25 mil cartões postais para representar a Club for the Future, uma organização sem fins lucrativos da Blue Origin.

Este teste acontece em sequência à missão NS-14, que foi realizada com sucesso em janeiro de 2021. Naquele procedimento, a empresa lançou o New Shepard e sua cápsula, que foi renovada com algumas novidades para os turistas espaciais, como melhorias acústicas, nos painéis de display, na temperatura interna e outras melhorias. O teste durou cerca de 11 minutos e levou a cápsula — com Mannequin Skywalker em seu interior — a 100 km de altitude.

Assim como ocorreu em missões anteriores, essa também será realizada seguindo as medidas de segurança e distanciamento contra a disseminação do novo coronavírus. Mesmo assim, a empresa irá transmitir os acontecimentos do teste pela internet — e você pode acompanhar imagens ao vivo do ensaio dos astronautas no site da Blue Origin ou no perfil da empresa no Twitter. Tudo deve acontecer na quarta-feira (14) a partir das 10h (no horário de Brasília).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: