Mercado fechado

Em meio a surto de coronavírus, Palmeiras deve ter ao menos quatro novos retornos para jogo contra o Furacão

Fabio Utz
·1 minuto de leitura

Mesmo ainda "esfacelado" por conta da Covid-19, o Palmeiras venceu o Delfín por 3 a 1, no Equador, pela rodada de ida das oitavas de final da Libertadores. Neste jogo, o técnico Abel Ferreira começou a receber de volta alguns nomes, como Rony, Gabriel Menino, Gabriel Silva e Danilo. No sábado, quando o clube retoma as atenções para o Campeonato Brasileiro, a tendência é de que mais quatro atletas fiquem à disposição.

Miguel Schincariol/Getty Images
Miguel Schincariol/Getty Images

Tudo vai depender, claro, do treino de sexta-feira, véspera do confronto com o Athletico-PR, no Allianz Parque, válido 23ª rodada da competição. No entanto, de acordo com os protocolos estabelecidos pelo próprio clube e pela CBF, tudo indica que o zagueiro Luan, o meia Gustavo Scarpa, o goleiro Vinicius e o atacante Gabriel Veron virem novamente alternativas para o treinador. Jaílson, Matías Viña, Kuscevic e Alan Empereur aguardam avaliações mais detalhadas para saber se possuem condições de retomar a rotina de atividades.

MIGUEL SCHINCARIOL/Getty Images
MIGUEL SCHINCARIOL/Getty Images

Em compensação, os atacantes Willian, Aníbal e Breno Lopes, além do meio-campista Raphael Veiga, seguem isolados e, portanto, vetados para a partida. Com 34 pontos e na sexta posição, o Palmeiras, no momento, tem dois jogos a menos que o líder Atlético-MG, que nesta quarta-feira bateu o Botafogo e chegou aos 42 pontos na tabela.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.