Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,72
    +0,44 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.815,90
    -6,90 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    54.479,69
    -1.974,05 (-3,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.475,23
    -88,60 (-5,67%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    7.004,63
    +56,64 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    12.965,25
    -380,75 (-2,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4055
    +0,0601 (+0,95%)
     

Em meio a confusão e expulsões, Defensa y Justicia supera o Palmeiras nos pênaltis e leva o título da Recopa

Rafael Marson
·4 minuto de leitura


Com emoção, o Defensa y Justicia é campeão da Recopa Sul-Americana! A equipe comandada por Sebastián Beccacece marcou nos minutos finais, venceu o Palmeiras por 2 a 1 no tempo normal e superou os brasileiros nas penalidades por 4 a 3. Raphael Veiga marcou para os brasileiros. Brian Romero e Benítez fizeram para os argentinos. O placar agregado ficou 3 a 3.

Corinthians perdeu camisa 10: veja quem é o camisa 10 de cada time brasileiro

O Defensa, atual campeão da Copa Sul-Americana, conquista mais um título continental e se coloca de vez como uma das equipes argentinas mais perigosas atualmente. O Palmeiras perde o segundo título em quatro dias, e irá reencontrar Beccacece na fase de grupos da Libertadores.

VERDÃO APROVEITA TENSÃO

Com a desvantagem no jogo de ida, o Defensa y Justicia começou pressionando o Palmeiras. Os visitantes reclamaram de um toque de mão de Luan, e tiveram boa chance de gol, mas Walter Bou não conseguiu completar o cruzamento de Romero.

A partida estava truncada, com ambas equipes reclamando pela omissão do árbitro em marcar faltas e dar cartão. A equipe da casa aproveitou o momento e abriu o placar.

Raphael Veiga roubou no meio e lançou Rony. O camisa 7 correu em direção ao gol mas foi derrubado. Julio Bascuñan, responsável pelo VAR, recomendou a revisão e Leodan Gonzalez foi ao monitor. Após a consulta, ele assinalou pênalti e Veiga converteu a cobrança.

RESPOSTA RÁPIDA DOS ARGENTINOS

A vantagem palmeirense durou oito minutos. Isso porque o Defensa y Justicia não abaixou a intensidade e chegou ao empate pelo lado direito do ataque.

Pizzini se movimentou entre os volantes do Palmeiras e recebe na área, por trás de Gómez. Ele cruzou rasteiro e Braian Romero chego batend forte, deixando tudo igual.

VEJA TABELA COMPLETA DA FASE DE GRUPOS DA LIBERTADORES

DUELO DE GOLEIROS NA SEGUNDA ETAPA

As equipes voltaram com a mesma aptidão para a segunda etapa. Com menos de 10 minutos, o Palmeiras teve chance com Rony. O Defensa y Justicia contava com os bons passes de Pizzini para municiar os atacantes.

Aos 6, o meia deixou Romero cara a cara com Weverton, mas o arqueiro fechou o ângulo e fez nova defesa. O camisa 21 do Verdão estava atento, e evitou a tentativa de Benítez em marcar gol olímpico, aos 10 minutos.

Se o goleiro palmeirense brilhava de um lado, Ulsaín não decepciona do outro. O arqueiro do Defensa fez ótima defesa em chute forte de Rony, após bom passe de Patrick de Paula.

EXPULSÃO MUDA O JOGO E DEFENSA FAZ O INIMAGINÁVEL

A partida mudou de rumo aos 20 minutos do segundo tempo. Frías e Matías Viña se derrubaram e o árbitro deu falta do argentino. Novamente, Julio Bascuñan recomendou ao juiz ir ao monitor, e Leodan mudou a decisão, dando falta para o Defensa e expulsando o lateral uruguaio.

Com um a mais e restando 15 minutos, a equipe argentina se lançou ao ataque e pressionou o Palmeiras, que mudou o esquema tático para se defender. A estratégia de Abel Ferreira não funcionou, pois aos 47 minutos, Benítez acertou um potente chute de fora da área, igualando a partida no placar agregado.

CENAS LAMENTÁVEIS, PÊNALTI PERDIDO E DRAMA NA PRORROGAÇÃO

O tempo extra começou quente, com o goleiro Ulsaín derrubando Rony dentro da área. O árbitro foi ao monitor pela terceira vez e deu pênalti. A decisão deixou o banco da equipe argentina enfurecida, e uma confusão se instaurou no Mané Garrincha.

Romero acabou sendo expulso, e Gustavo Gómez foi infeliz na cobrança de pênalti e desperdiçou a cobrança.

LUIZ ADRIANO FALHA NAS PENALIDADES

Na disputa de pênaltis, Luiz Adriano, que havia entrado na prorrogação, chutou a segunda cobrança na trave. O Defensa y Justicia foi perfeito e levou a taça da Recopa.


FICHA TÉCNICA - RECOPA SUL-AMERICANA FINAL (VOLTA)
Palmeiras 1(3) x (4) 2 Defensa y Justicia

Data:
14 de Abril de 2021
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF
Árbitro: Leodan Gonzalez (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Richard Trinidad (URU)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)

Gols: 1-0 Raphael Veiga (22'/1T); 1-1 Brian Romero (30'/1T); 1-2 Marcelo Benítez (47'/2T)
Cartões amarelos: Wesley, Patrick de Paula (PAL); Sebastián Beccacece, Raúl Loaiza, Marcelo Benítez e Adonis Frías (DYJ)
Cartões vermelhos: Matías Viña (PAL): Brian Romero (DYJ)

PALMEIRAS (Técnico: Abel Ferreira)
Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino, 1'/2T Prorrogação), Gustavo Gómez, Luan e Matías Viña; Patrick de Paula (Felipe Melo, 37'/2T), Danilo e Raphael Veiga (Gabriel Menino, 31'/2T); Breno Lopes (Mayke, 17'/2T), Wesley (Gabriel Veron, 17'/2T) (Alan Empereur, 38'/2T) e Rony

DEFENSA Y JUSTICIA (Técnico: Sebastián Beccacece)
Ezequiel Unsain; Matías Rodriguez, Adonis Frías, Meza e Marcelo Benítez (Breitenbruch, 5'/2T Prorrogação), Raúl Loaiza (Hachen, 31'/2T), Enzo Fernández, Francisco Pizzini (Merentiel, 39'/2T) e Calos Rotondi (Rotondi, 34'/2T); Walter Bou e Braian Romero