Mercado fechado

Em meio ao lockdown, presidente do Chile sai para comprar vinho

Sebastián Piñera foi visto comprando vinho no último sábado, 27 (Foto: Marcelo Hernandez/Getty Images)

O presidente do Chile, Sebástian Piñera, foi duramente criticado durante o fim de semana. Enquanto a capital do país vive um lockdown de mais de sete semanas, o mandatário foi filmado em uma loja de vinhos.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Na teoria, apenas o comércio considerado essencial poderia estar aberto em Santiago. O estabelecimento, que fica em uma região rica da cidade, não estaria dentro dos parâmetros estabelecidos.

Segundo informações da CNN Chile, o caso ocorreu no último sábado, 27. Para sair de casa durante o lockdown, os chilenos precisam de autorização, que pode ser conseguida no site da polícia. Cada cidadão tem direito a sair duas vezes por semana e por motivos pré-estabelecidos pelo governo, como comprar insumos básicos, ir ao médio ou resolver questões burocráticas em cartórios ou bancos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Outra crítica direcionada à Piñera é de que ir a uma loja de vinhos não se enquadraria em nenhuma das autorizações dadas pela polícia local. A presidência declarou que o presidente tinha autorização para sair.

Leia também

O Chile tem 271 mil casos confirmados de coronavírus e 5.509 mortos pela Covid-19. O país já trocou de ministro da Saúde durante a pandemia, por causa de uma divergência nos números divulgados pelo governo e aqueles que são repassados à Organização Mundial da Saúde, além de outros erros cometidos durante a gestão da pandemia.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.