Mercado fechará em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    110.840,95
    +1.997,21 (+1,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.738,58
    +180,93 (+0,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,30
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.777,60
    +13,80 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    42.138,18
    -1.780,02 (-4,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.048,82
    -15,03 (-1,41%)
     
  • S&P500

    4.360,46
    +2,73 (+0,06%)
     
  • DOW JONES

    34.002,04
    +31,57 (+0,09%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.023,25
    +13,75 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1993
    -0,0454 (-0,73%)
     

Em meio ao avanço da variante delta nos EUA, Barack Obama marca festa de 60 anos

·2 minuto de leitura

BOSTON, EUA (FOLHAPRESS) - Enquanto os Estados Unidos tentam conter o avanço da variante delta do coronavírus, o ex-presidente americano Barack Obama marcou uma festa ao ar livre com centenas de pessoas para comemorar seu aniversário de 60 anos, de acordo com a imprensa americana.

Sem lista de convidados divulgada, a comemoração está marcada para o fim de semana -Obama faz aniversário nesta quarta-feira (4). A entrada será liberada para quem estiver vacinado e apresentar resultado negativo do teste de Covid, segundo a agência de notícias AFP.

Apesar de estarem de acordo com as regras estabelecidas pelo Centro para Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, as medidas não foram suficientes para barrar críticas nas redes sociais, inclusive de membros do Partido Republicano.

No Twitter, o congressista republicano Jim Jordan escreveu que, se a festa fosse do ex-presidente Donald Trump, teria sido chamada de "super propagadora" e seu aniversariante de "irresponsável".

Já a presidente do partido, Ronna McDaniel, cobrou uma posição do atual mandatário americano, Joe Biden, que foi vice de Obama. "Biden tem algum comentário sobre Obama fazer uma festa de aniversário gigante enquanto ele pressiona para mais restrições contra a Covid? Ou existe uma exceção para festas de celebridades ricas e liberais?", escreveu no Twitter.

Durante uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (2), a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse que a festa de Obama cumpre as recomendações sanitárias do CDC, que o ex-presidente sempre defendeu a vacinação contra o coronavírus e que a Casa Branca aconselha que as pessoas sigam as regras sanitárias recomendadas pelas autoridades do país.

Um porta-voz do governo também disse à agência de notícias Axios que Biden não estará presente na comemoração, mas espera ansiosamente para dar as boas-vindas para Obama ao grupo dos sexagenários. Os Obamas não se pronunciaram sobre a festa.

A festa do ex-presidente vai ocorrer em Martha's Vineyard, uma ilha no estado de Massachusetts e um popular destino de férias de verão para milionários da costa leste americana. Até esta segunda, a ilha apresentava um nível moderado de transmissão do vírus, de acordo com dados do CDC.

Também segundo o órgão, os EUA ultrapassaram 100 mil casos diários com o avanço da variante delta, identificada na Índia e mais contagiosa, pela primeira vez em seis meses no dia 30 de julho, mas o número de hospitalizações e mortes causadas pela Covid-19 não acompanhou o aumento.

No mesmo dia, seguindo diretrizes federais, o estado de Massachusetts recomendou que seus cidadãos -vacinados ou não- usem máscaras em lugares fechados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos