Mercado fechado

Em meio à pandemia, Toffoli viaja ao Marrocos para agenda oficial

Isadora Peron

Mesmo em meio à pandemia de coronavírus, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu manter uma agenda oficial fora do país e embarcou, na quinta-feira, para o Marrocos.

O país africano tem um grande fluxo de visitantes europeus, devido à proximidade, hoje a uma das regiões mais afetadas pela nova doença. Marrocos também é um dos locais que está na lista de "monitorados" do Ministério da Saúde e já confirmou, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), seis casos de coronavírus, além de um óbito.

Nesta sexta-feira, a pasta recomendou o isolamento por sete dias de todas as pessoas que chegam de viagens internacionais, mesmo sem sintomas. O Supremo, no entanto, manteve o calendário de julgamentos da próxima semana.

A portaria editada por Toffoli na quinta-feira apenas restringiu o acesso do público externo ao Tribunal. Ministros da Corte, no entanto, não descartam que os julgamentos sejam cancelados, caso haja um avanço no número de casos de coronavírus no país.

Questionados pelo Valor sobre o assunto, dois ministros afirmaram: "Vamos aguardar".