Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.735,01
    -3.050,99 (-2,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.020,05
    -278,15 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,30
    -0,20 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.786,70
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    62.332,18
    -3.693,91 (-5,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.490,38
    -44,27 (-2,88%)
     
  • S&P500

    4.549,78
    +13,59 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.603,08
    -6,26 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.190,30
    -32,80 (-0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.388,00
    -90,75 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5803
    -0,0007 (-0,01%)
     

Em meio à pandemia, 'Botellon' reúne 25 mil jovens em cidade universitária de Madrid para consumo de álcool

·1 minuto de leitura

Mais de 25 mil jovens se reuniram, nesta sexta-feira, na cidade universitária em Madrid para consumir álcool, sem máscaras e descumprindo medidas de proteção contra a Covid-19. O encontro, chamado de 'Botellon' - uma atividade espanhola quando as pessoas se reúnem em áreas públicas para socializar enquanto bebem álcool - foi marcado pelas redes sociais.

De acordo com o portal ABC, autoridades policiais não foram informados previamente sobre o evento pela reitoria de universidade. A polícia afirmou ainda que só tomou conhecimento através de uma cópia de um e-mail, quando todos os jovens já estavam reunidos. Os agentes estiveram no local, no entanto, sem nenhum plano de contingência para dispersar cerca de 25 mil pessoas e evitar incidentes, principalmente nas rodovias e no entorno do Metrô.

Os próprios participantes divulgaram as imagens através das redes sociais, e é possível observar que não existe qualquer tipo de medida de segurança entre eles e nenhum deles usa máscara. Alguns internautas justificaram a participação do evento com "já estamos vacinados".

O consumo de álcool nas vias públicas é proibido na Comunidade de Madrid em qualquer circunstância, mas é ainda mais grave em tempos de coronavírus. A Polícia Municipal passou meses com um plano de reforço para evitar e dispersar concentrações de pessoas neste sentido, com mais de 200 agentes extra e uso de drones.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos