Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,10 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,43 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,47
    +0,15 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.742,80
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    60.011,83
    +858,20 (+1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,35 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,00 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,30 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,06 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.825,00
    -4,50 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7622
    +0,1273 (+1,92%)
     

Em jogo do Paulistão, árbitro se emociona com estreia na elite

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Diante de um ambiente de tamanha pressão para todos os envolvidos no futebol, o árbitro é um dos mais visados (e geralmente criticados) na partida.
Porém, a noite do jovem Fabiano Monteiro dos Santos foi apenas de boas e emocionantes recordações na noite dessa quinta-feira (4) no confronto entre Ponte Preta e Santo André pela segunda rodada do Paulistão.

Com apenas 23 anos de idade, o árbitro fazia a sua primeira partida em uma competição de elite e foi constantemente elogiado pelo comentarista de arbitragem Sálvio Spínola.

Ao término do compromisso e imediatamente após o apito final, o árbitro não segurou a emoção e chorou bastante ainda dentro do gramado do Moisés Lucarelli, chegando a ser consolado pelos assistentes e sendo bastante cumprimentado por jogadores que estavam próximos.

Como resultado, o Ramalhão venceu a Macaca por 1 a 0 com um golaço do meia Gegê e assumiu a liderança do Grupo A do Campeonato Paulista com quatro pontos ganhos. O time de Campinas, com a derrota, ficou com uma unidade e em terceiro no Grupo B.