Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.161,91
    +349,31 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Em função mais defensiva com Sylvinho, Fagner é líder de desarmes do Corinthians no Brasileirão

·2 minuto de leitura


Acostumado em ser um lateral que apoia ofensivamente, Fagner tem atuado em uma função mais defensiva, desde a chegada do técnico Sylvinho, no mês de maio. E isso já tem se mostrado nos números, já que o atleta é o líder do Corinthians em desarmes no Brasileirão.

>> Baixe o novo app de resultados do LANCE!
>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Em 21 partidas do Timão no Campeonato Brasileiro, o camisa 23 ficou fora de apenas uma, por conta de um problema na panturrilha, na vitória corintiana sobre o Grêmio, em Porto Alegre, pela 18ª rodada da competição. E no total, foram 61 desarmes no torneio nacional.

Além de ser o melhor jogador do Corinthians no quesito, Fagner é o terceiro no campeonato, atrás apenas do cearense Fernando Sobral, que tem 77 desarmes em 19 jogos, e Ederson, volante do Fortaleza, mas que pertence ao Timão, que tem 64 desarmes (três a mais que o lateral corintiano), em 20 partidas disputadas.

O período em que os números foram computados marca justamente um momento de mudança de postura de Fagner em campo. A primeira rodada do Brasileirão coincidiu com a estreia do técnico Sylvinho no Time do Povo, e consequentemente com o posicionamento mais voltado a parte defensiva do lateral-direito.

Além dos 21 jogos do Brasileirão até aqui (20 com Fagner em campo), o Corinthians entrou em campo duas vezes pela Copa do Brasil, sob o comando do atual treinador. Em apenas uma o camisa 23 esteve em campo, já que foi expulso aos 17 minutos do segundo tempo, na derrota por 2 a 0, no jogo de ida, na Neo Química Arena. Ainda assim, nesta partida, o jogador fez três desarmes.

No total, portanto, desde a chegada de Sylvinho ao comando técnico corintiano, Fagner tem 21 partidas disputadas, todas como titular e 18 atuando os 90 minutos (só saiu em ocasiões de lesões e expulsão), e 64 desarmes no período.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos