Mercado fechará em 6 h 39 min
  • BOVESPA

    111.317,09
    -122,27 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,70
    -1,27 (-1,76%)
     
  • OURO

    1.760,20
    +8,80 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    43.852,05
    -3.539,83 (-7,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.088,44
    -137,09 (-11,19%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.840,48
    -123,16 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.074,25
    -251,75 (-1,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2298
    +0,0304 (+0,49%)
     

Em duelo do Brasileirão, Junior Chávare reencontra o Atlético-MG

·2 minuto de leitura


Em situações opostas, Júnior Chávare e Atlético-MG irão se reencontrar no próximo domingo (25) em compromisso válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Em quase dois anos de serviços prestados ao clube de Minas Gerais, o dirigente comandou as categorias de base no período onde a equipe conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-20 e revelou diversos jogadores que foram aproveitados no elenco profissional.

Durante o processo, Chávare foi responsável pelo DNA Alvinegro, projeto para desenvolver atletas do Sub-14 ao Sub-20. O programa consistia em trabalhar os jogadores não só com questões táticas, mas desenvolver aspectos sociais, técnicos, fisiológicos, nutricionais e psicológicos.

- Foram mais de 20 meses de trabalho, tenho um carinho enorme pelo Atlético-MG, o título nacional foi uma consequência do projeto bem-sucedido. Durante a minha passagem, também trabalhei na equipe principal, em parceria com o Alexandre Mattos, na etapa de transição dos meninos para o futebol profissional. É uma satisfação enorme observar jogadores como Calebe, Júlio César, Micael, Echaporã e vários outros atletas que lapidamos sendo aproveitados em um alto nível competitivo - destaca Chávare.

No Bahia, o profissional iniciou sua carreira na gestão da categoria principal. Em pouco tempo de trabalho, o dirigente viu o Esquadrão conquistar a Copa do Nordeste e começou uma campanha promissora no Campeonato Brasileiro. Além disso, colocou em prática diversos conceitos no time de transição do clube baiano vendo como fruto im dos destaques do projeto, o goleiro Matheus Teixeira, ser nome que saiu da equipe Sub-23 para assumir a posição no time principal.

- A integração do time de transição com o elenco principal está nos ajudando a revelar grandes atletas e suprir as necessidades do treinador. Sempre buscamos boas oportunidades no mercado e conseguimos trazer jogadores de qualidade para reforçar o elenco - afirmou o gerente de futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos