Mercado abrirá em 5 h 53 min

Em dois meses, Disney+ gera faturamento de US$ 92,7 milhões

Poliana Santos
Em dois meses, Disney+ gera faturamento de US$ 92,7 milhões

O faturamento da Disney+ foi de US$ 92,7 milhões em apenas dois meses de lançamento. Segundo o relatório da empresa de inteligência, Sensor Tower, divulgado nesta terça-feira (14), o serviço de streaming alcançou a marca de 41 milhões de downloads.

Esse valor é muito menor quando comparado com a Netflix que apresentou no último trimestre uma receita de US$ 5,24 bilhões. No entanto, além de ter apenas dois meses no ar, a Disney+ ainda não chegou em alguns países da Europa e outros como o Brasil.

No primeiro mês, o faturamento do streaming em celulares foi de US$ 43,9 milhões, e de US$ 53,3 milhões no segundo mês. A empresa de inteligência não mediu dados de outros dispositivos, como computadores e televisão.

A receita global da Disney, incluindo outros serviços para além do streaming, encerrou o ano fiscal de 2019 próximo a US$ 70 bilhões.

Veja Também: Confira 5 ações com o mesmo valor de uma assinatura de streaming

O serviço de streaming da Disney+ foi lançado no dia 12 de novembro de 2019, e a estreia aconteceu somente nos seguintes países:

  • Estados Unidos
  • Canadá
  • Holanda
  • Austrália
  • Nova Zelândia

Em março, a plataforma vai chegar em alguns países da Europa, como:

  • Alemanha
  • França
  • Itália
  • Espanha
  • Reino Unido

No Brasil ainda não foi divulgado uma data, entretanto, veículos jornalísticos estão associando a chegada do streaming para novembro deste ano.

Disney+ atrai 10 milhões de clientes na 1ª semana de estreia

Em apenas uma semana de lançamento, a Disney contava com um resultado acima do esperado. Em um dia de atuação, o serviço foi assinado por 10 milhões de pessoas, superando a expectativa de especialistas e da própria empresa.

Saiba Mais: Streaming da Disney atrai 10 milhões de clientes e supera expectativas de faturamento

De acordo com previsões da empresa, caso 2 milhões de clientes aderissem ao novo serviço no primeiro dia, o número estaria dentro do estimado. A empresa tinha como objetivo conquistar entre 60 e 90 milhões de usuários em cinco anos. No entanto, essa projeção deve mudar já que o primeiro resultado veio muito além da expectativa.

Especialistas já estimam 150 milhões de assinantes até 2024. "A demanda de consumo do Disney excedeu as nossas mais altas expectativas", informou a empresa em comunicado.