Mercado abrirá em 8 h 19 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,64
    -0,18 (-0,28%)
     
  • OURO

    1.822,20
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    49.069,53
    -1.553,95 (-3,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.348,68
    -39,23 (-2,83%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    6.963,33
    -41,30 (-0,59%)
     
  • HANG SENG

    27.981,51
    +262,84 (+0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.076,68
    +628,67 (+2,29%)
     
  • NASDAQ

    13.183,50
    +83,25 (+0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4143
    +0,0018 (+0,03%)
     

Em depoimento ao Congresso dos EUA, Tim Cook ressalta "mediocridade" da Apple

Stephanie Kohn
·2 minuto de leitura

Nesta quarta-feira (29), líderes das quatro maiores empresas de tecnologia do mundo, Google, Apple, Amazon e Facebook, estão prestando depoimento no Subcomitê do Poder Judiciário do Senado dos EUA em Política Antitruste, Política de Concorrência e Direitos do Consumidor (House Judiciary Antitrust Subcommittee). As companhias estão sendo investigados pelo poder que exercem no mercado e estão respondendo perguntas difíceis sobre seu suposto domínio no setor. Para assistir os depoimento ao vivo, clique aqui.

O CEO da Apple, Tim Cook, foi um dos primeiros a ser ouvido e iniciou o comentário com uma verdade incoveniente para a empresa, mas bastante relevante para a ocasião: "a Apple não domina em nenhum dos mercados em que atua. Isso não apenas em relação ao iPhone, mas a todas as categorias de produto", disse.

O executivo não está mentindo por completo. O Android domina como sistema operacional nos smartphones mundiais, os Macs perdem para o Windows em todo o globo, e a Huawei ultrapassou a maçã em vendas globais de smartphones, ficando em segundo lugar, atrás somente da Samsung, de acordo com informações da Canalys e da Strategy Analytics.

Mas, o relatório da Strategy Analytics revela que a maçã é dominante quando o assunto é relógio inteligente. Dados sobre as vendas no primeiro trimestre de 2020 mostram que a companhia detém 55% de participação do mercado global, tendo vendido 7,6 milhões de Apple Watches no período. Além disso, outro estudo, desta vez da Omdia, mostrou o iPhone 11 no topo da lista dos mais vendidos no primeiro trimestre do ano.

E o ranking dos celulares acima de US$ 400 (chamados de Premium) mais vendidos globalmente, entre janeiro e março de 2020, tem os três modelos mais recentes do iPhone e o iPhone XR no topo. As fabricantes de celulares venderam 13% menos modelos premium no primeiro trimestre de 2020 em comparação ao ano passado, de acordo com um estudo da Conterpoint Research. Mesmo assim, a categoria ainda responde por quase um quarto da indústria de smartphones, e a Apple é a grande líder, com quatro modelos no top 5.

O Canaltech está acompanhando os depoimentos das Big Techs e irá publicar as principais novidades. Fique ligado!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: