Mercado abrirá em 7 h 48 min

Em áudio vazado, Robinho detona Globo após matéria que desencadeou debandada na Vila

Jorge Nicola
·2 minutos de leitura
Robinho terá reunião com Orlando Rollo para definir seu futuro no clube (Ivan Storti/Santos)
Robinho terá reunião com Orlando Rollo para definir seu futuro no clube (Ivan Storti/Santos)

Robinho reagiu à matéria divulgada nesta sexta-feira pelo GE.com, que desencadeou uma debandada de patrocinadores do Santos. Em áudio vazado, ao qual o Blog teve acesso, o atacante recém-contratado pelo Santos detonou a principal emissora de TV do país, que é dona do GE.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

“Esses ataques aí da Globo não vão me afetar, porque Deus está no comando de tudo”, afirmou, em recado a um dirigente do Santos. “Só blindar a minha família dessas coisas, porque esposa, meus pais e filhos são as pessoas que mais sofrem. Mas eu estou tranquilo, entendeu?”, acrescentou.

Leia também:

O GE.com revelou trechos de gravações da polícia italiana em que Robinho e seus amigos admitem participação no ato que culminou na acusação de uma mulher albanesa sobre violência sexual coletiva. O Rei das Pedaladas foi condenado, em primeira instância, a nove anos de cadeia.

“A gente já sabe que essa emissora não preserva coisas boas. Eles dão muita ênfase para coisa negativa, então eles querem ganhar Ibope”, disse Robinho, em outro trecho do áudio.

A matéria do GE causou enorme repercussão e levou a maioria dos patrocinadores do Santos a colocar o presidente Orlando Rollo contra a parede. Ou ele rescinde o contrato com Robinho ou os parceiros tomarão o mesmo caminho da Orthopride, que já anunciou sua saída da Vila Belmiro.

Robinho chegou a afirmar que a Globo se incomodou com sua contratação pelo Santos porque se incomodaria com o sucesso do clube. “Obviamente o Santos não tem nada a ver com meus problemas pessoais, mas eu vir para o Santos também ajuda, porque eles acham que o Santos é time pequeno, e o Santos é gigante. Eles acham que os times grandes são só os de São Paulo.”

O atacante, cujo contrato tem duração de cinco meses, encerra o áudio prometendo alto. “Fala para o Marcelo (Teixeira, presidente do Conselho Deliberativo do Peixe) que estou tranquilão, de boa, me preparando para jogar e meter gol”.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos