Mercado abrirá em 9 h 44 min

Em alta, goleiro do São Paulo deve ser vendido para Portugal

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Jean disputou 35 partidas e marcou quatro gols pelo Atlético-GO (Divulgação/Twitter)
Jean disputou 35 partidas e marcou quatro gols pelo Atlético-GO (Divulgação/Twitter)

Um ano depois de agredir a esposa, ficar preso por alguns dias nos EUA e ser excluído dos treinos do São Paulo, o goleiro Jean deu a volta por cima. Pelo menos dentro dos campos. A ponto de o titular absoluto do Atlético-GO ter quatro propostas para deixar o Tricolor em definitivo.

Um dos interessados é o próprio Atlético-GO, como admitiu seu presidente, Adson Batista. “Tenho muito interesse que ele continue, mas vejo com dificuldade, porque o Jean tem algumas propostas do exterior. Ele fez um campeonato muito, muito bom”, afirma.

O Blog entrou em contato com um dos representantes do goleiro, que admitiu outras ofertas. Além do Atlético-GO, há outro clube brasileiro de olho no goleiro de 25 anos de idade. “Mas a tendência maior é que ele vá jogar em Portugal. Temos duas propostas boas de lá”, revela.

O negocio deve girar na casa de 1 milhão de euros ou R$ 6,7 milhões. Desta maneira, o São Paulo praticamente recupera tudo que investiu para comprá-lo do Bahia. Na oportunidade, o clube gastou R$ 6 milhões por 75% dos direitos econômicos. Também ficou combinado que o Tricolor teria de gastar mais R$ 4 milhões pelos 25% restantes se Jean fosse titular em 60% das partidas entre janeiro de 2018 e junho de 2019.

Acabou que Jean não alcançou tal meta e o São Paulo economizou os outros R$ 4 milhões. Diante de uma oferta de 1 milhão de euros, o Tricolor fica com 75% do valor e repassa o restante ao Bahia.