Mercado fechará em 2 h 40 min
  • BOVESPA

    112.120,38
    -491,27 (-0,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.259,96
    -206,06 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,61
    +1,00 (+1,15%)
     
  • OURO

    1.783,20
    -11,80 (-0,66%)
     
  • BTC-USD

    37.263,68
    +733,80 (+2,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    844,95
    +2,49 (+0,30%)
     
  • S&P500

    4.365,65
    +39,14 (+0,90%)
     
  • DOW JONES

    34.235,75
    +74,97 (+0,22%)
     
  • FTSE

    7.448,46
    -105,85 (-1,40%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.150,00
    +163,25 (+1,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0212
    -0,0028 (-0,05%)
     

Em adeus à torcida com jogo decisivo no Morumbi, São Paulo pegará time que só venceu duas vezes fora de casa

·3 min de leitura
Tricolor aposta em sua força em casa e pegará rival de campanha ruim como visitante (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)


Com apenas uma derrota sofrida em sete jogos com o apoio de sua torcida no Morumbi, que foi liberado para voltar a receber público a partir de outubro após longo período com portões fechados por causa da pandemia da Covid-19, o São Paulo dará adeus à massa tricolor em seu estádio no ano nesta segunda-feira, às 19h, quando recebe o Juventude pela penúltima rodada do Brasileirão.

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

E no confronto que teve seu teor decisivo elevado após a derrota por 3 a 0 para o Grêmio, sofrida na noite da última quinta-feira, em Porto Alegre, o time comandado por Rogério Ceni terá pela frente uma equipe que é uma das piores da competição atuando como visitante. Em 18 jogos fora de casa, o clube gaúcho ganhou apenas dois, sendo um deles sobre a lanterna e rebaixada Chapecoense, por 2 a 0, em Chapecó, pela 32ª rodada do torneio.

O outro único triunfo da equipe fora de Caxias do Sul neste Campeonato Brasileiro ocorreu na 16ª jornada, no dia 14 de agosto, quando bateu o Red Bull Bragantino por 2 a 1, em Bragança Paulista, onde desencantou longe de seus domínios após três derrotas e quatro empates em campos adversários.

E ao longo de 18 confrontos como visitante, o Juventude, além de obter apenas duas vitórias, foi superado em nove partidas e empatou outros sete jogos, o que resulta em um aproveitamento de apenas 24,1%. Assim, o time amarga a 17ª melhor campanha fora de casa na competição, ficando à frente apenas do Ceará (com os mesmos 24,1%, só que uma vitória a menos), do Grêmio e da Chapecoense, respectivos 18º, 19º e 20º neste ranking paralelo do torneio.

APROVEITAMENTO DE 57,14% NO MORUMBI COM A TORCIDA

O São Paulo, por sua vez, ganhou 57,14% dos pontos que disputou atuando com o apoio de sua torcida no Morumbi. Foram três vitórias, três empates e uma derrota, sendo que nesta série de duelos marcou seis gols e tomou outros seis, quatro deles levados apenas na goleada por 4 a 0 para o Flamengo, no dia 14 de outubro. Na ocasião, a equipe foi vazada por duas vezes em apenas três minutos e pouco depois, aos 10, teve Calleri expulso por falta violenta em David Luiz, fato que acabou sendo determinante para o atropelo sofrido em casa.

TRICOLOR É APENAS O 15º MELHOR MANDANTE

Já ao projetar o duelo desta segunda-feira sob uma outra ótica, a que leva em conta o aproveitamento geral do Tricolor no Morumbi neste Brasileirão, o time precisa ficar mais preocupado, pois é apenas o 15º melhor mandante, com seis vitórias, nove empates e três derrotas, um aproveitamento de 50% ao somar 27 dos 54 pontos possíveis até aqui em 18 partidas realizadas em seu estádio.

E nesta longa série caseira no Brasileirão deste ano, os são-paulinos marcaram apenas 15 gols e tomaram 14. Por outro lado, o Juventude se mostrou frágil defensivamente como visitante ao ser vazado por 26 vezes e exibiu pouca eficiência ofensiva ao contabilizar apenas 16 bolas nas redes fora de casa.

Apesar da derrota por 3 a 0 para o Grêmio sofrida na última quinta-feira, Rogério Ceni também aposta que o São Paulo será apoiado em peso pelo seu torcedor nesta segunda-feira, quando poderá estar jogando ainda para livrar o risco de rebaixamento à Série B. O time só saberá se atuará ainda sob ameaça de descenso após a realização de dois duelos deste domingo, que envolvem Bahia e Grêmio, hoje respectivos 17º e 18º colocados do torneio nacional.

- Eu tenho certeza de que o torcedor vai estar lá apoiando como sempre. Mesmo depois da vergonha que passamos hoje (quinta-feira), ele não vai se afastar, deixar de estar no Morumbi. E passa combustível pra que o time tenha força pra vencer o Juventude e consequentemente se livrar desse perigo de rebaixamento - disse o treinador, na entrevista coletiva que deu após a derrota para o gremistas em Porto Alegre, em resultado que depois pesou para o time são-paulino fechar a 36ª rodada da competição em 14º lugar, com 45 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos