Mercado abrirá em 9 h 4 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,55
    +0,08 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.891,70
    +1,00 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    22.883,85
    -396,40 (-1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,90
    -9,99 (-1,86%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.355,19
    +71,67 (+0,34%)
     
  • NIKKEI

    27.479,86
    -126,60 (-0,46%)
     
  • NASDAQ

    12.589,25
    +44,00 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5754
    +0,0080 (+0,14%)
     

Em 2 meses, jato de bilionário emitiu 15 vezes mais CO2 que um cidadão médio em 1 ano

Jato Gulfstream G650, mesmo modelo daquele usado por Zuckerberg
Jato Gulfstream G650, mesmo modelo daquele usado por Zuckerberg
  • Entre os dias 20 de agosto e 15 de outubro, fundador do Facebook despejou 253 toneladas de carbono na atmosfera;

  • Informações foram obtidas através da conta ZuccJet, que monitora os voos do bilionário;

  • Meta, empresa de Zuckerberg afirmou que transporte por jato é necessário pela segurança do CEO.

Em apenas dois meses de viagens, o jato particular de Mark Zuckerberg emitiu 15 vezes mais carbono do que um cidadão americano médio produz em um ano. Dados compilados pela Fox News mostraram que nas 28 vezes em que o jato foi utilizado entre 20 de agosto e 15 de outubro, o fundador do Facebook liberou mais de 253 toneladas de carbono na atmosfera.

Em comparação, a pegada média de um cidadão norte americano nédio é de 16 toneladas, segundo uma organização ambiental sem fins lucrativos, a The Nature Conservancy. O brasileiro, por sua vez tem uma emissão média de 10,4 toneladas, a sexta maior mundial.

O jato Gulfstream G650 – vendido por US$ 65 milhões – queimou mais de US$ 150 mil em combustível de aviação em suas inúmeras viagens pelos Estados Unidos durante o período de dois meses.

Enquanto algumas viagens eram de uma ponta a outra dos EUA, outras eram muito mais curtas, como uma viagem de três minutos e 18 milhas entre duas pistas de pouso do Arizona em 15 de outubro.

Os dados foram compilados usando o software de rastreamento de voos ADS-B Exchange por Jack Sweeney, que administra várias contas no Twitter dedicadas a rastrear os movimentos dos jatos particulares de bilionários. No passado, Sweeney recusou US$ 5 mil de Elon Musk para parar de rastrear seu jato particular.

Quando Sweeney lançou a conta ZuccJet pela primeira vez, ele disse à Bloomberg: "Acho interessante que ele nos rastreie no Facebook, então é divertido que esse garoto o esteja rastreando de volta".

Meta explicou anteriormente que o programa de segurança do bilionário exige que ele use aeronaves particulares para viajar. O Financial Times informou que a empresa gastou US$ 1,6 milhão nos voos de Zuckerberg em 2021.

No ano passado, o Facebook intensificou os esforços para combater a desinformação sobre as mudanças climáticas com seu Climate Science Information Center. “A mudança climática é uma das questões mais urgentes que impactam nosso mundo hoje, e a Meta está comprometida em ajudar a enfrentar esse desafio global”, disse a empresa.