Mercado abrirá em 7 h 43 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,70
    +1,52 (+2,30%)
     
  • OURO

    1.778,40
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    57.076,77
    -169,32 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.469,08
    +26,30 (+1,82%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.804,87
    +329,61 (+1,40%)
     
  • NIKKEI

    28.010,45
    +188,69 (+0,68%)
     
  • NASDAQ

    16.322,75
    +172,25 (+1,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3900
    +0,0200 (+0,31%)
     

Em última vitória do Corinthians no Morumbi, Ceni comandava o rival e Jô abriu caminho para triunfo

·2 min de leitura


O Corinthians tentará comprovar contra o São Paulo, no clássico da próxima segunda-feira, às 20h, no Morumbi, o melhor momento que vive atualmente no Campeonato Brasileiro. Para isso, porém, o Alvinegro terá de quebrar um longo jejum de vitórias em confrontos com o rival no estádio do Tricolor, onde não consegue superar os donos da casa desde 2017.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira as fotos da nova terceira camisa roxa do Corinthians

Curiosamente, naquele 16 de abril de 2017 em que foi derrotado por 2 a 0, o time são-paulino também estava sendo dirigido por Rogério Ceni, que reassumiu o comando da equipe na última quarta-feira, pouco mais de duas horas depois de o clube anunciar a demissão de Hérnan Crespo.

Naquela ocasião, o clássico valeu pelo duelo de ida das semifinais do Paulistão e o Corinthians contou em campo com quatro jogadores do seu atual elenco: o goleiro Cássio, o lateral-direito Fagner, o volante Gabriel e o atacante Jô. Foi justamente o último deles que abriu o placar da partida, aos 20 minutos do primeiro tempo. E os visitantes marcaram o segundo gol do duelo ainda nos acréscimos da etapa inicial, desta vez com Rodriguinho balançando as redes.

O triunfo por 2 a 0 deixou o Timão muito perto da final do Campeonato Paulista, em objetivo que depois foi assegurado com um empate por 1 a 1 no confronto de volta, em Itaquera. Em seguida, na decisão, os corintianos levaram a melhor sobre a Ponte Preta para assegurar a taça do Estadual.

Ao eliminar o tradicional rival naquela semifinal, o Corinthians impôs a Rogério Ceni uma das maiores decepções de sua primeira passagem pelo comando do São Paulo, que em julho daquele mesmo ano demitiu o ídolo, apenas sete meses depois de o Mito ser anunciado como novo comandante tricolor.

Naquele mata-mata, o Timão estava sendo dirigido por Fábio Carille, atual treinador do Santos, que também em 2017 ainda conduziria o Alvinegro à conquista do título do Campeonato Brasileiro. Naquela mesma temporada, porém, o jejum de vitórias sobre o São Paulo, no Morumbi, começaria com um empate por 1 a 1, justamente pelo torneio nacional, e permaneceria até hoje.

Depois daquela semifinal do Paulistão de 2017, Corinthians e São Paulo se enfrentaram por mais sete vezes no estádio tricolor, com quatro vitórias são-paulinas e três empates, sendo que neste período houve oito gols marcados pelos donos da casa e apenas três pelos visitantes. No último encontro dos rivais no local, os anfitriões ganharam por 2 a 1, em 30 de agosto do ano passado, em clássico válido pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro.


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos