Mercado abrirá em 8 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,17
    -2,11 (-2,77%)
     
  • OURO

    1.749,30
    -4,70 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    16.179,82
    -353,55 (-2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,43
    -3,22 (-0,84%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.211,73
    -361,85 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    28.142,73
    -140,30 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    11.688,25
    -94,50 (-0,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6041
    -0,0203 (-0,36%)
     

Elon Musk supera Bezos como homem mais rico dos EUA, diz Forbes

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - A Forbes divulgou nesta terça-feira (27) a lista dos 400 americanos mais ricos, com Elon Musk, CEO da Tesla, na liderança, por ter sua fortuna avaliada em US$ 251 bilhões. O fundador da Amazon, Jeff Bezos, ocupa o segundo lugar, e perde o posto de homem mais rico dos Estados Unidos pela primeira vez desde 2017. Bill Gates, da Microsoft, completa o pódio na terceira posição do ranking.

Com a alta da inflação e a estagnação dos mercados nos EUA, o grupo dos 20 mais ricos do país em 2022 sofreu uma perda de US$ 235 bilhões em relação ao ano passado, somando uma fortuna de US$ 1,6 trilhão. O número é quase metade dos US$ 500 bilhões perdidos por toda a lista da Forbes.

Isso representa uma reversão do cenário visto no ano passado, quando os 20 maiores bilionários da lista tiveram uma adição de US$ 500 bilhões às suas fortunas, surfando numa disparada de preços de ações à época.

Mark Zuckerberg foi o que mais perdeu dinheiro no ano, deixando o top 10 da lista pela primeira vez desde 2014. O CEO da Meta enfrenta uma queda de 57% nas ações da companhia, que tirou quase US$ 74 bilhões de seu patrimônio. Jeff Bezos perdeu US$ 50 bilhões, a segunda maior queda do ranking.

Apesar das grandes perdas, 6 dos 20 maiores bilionários conseguiram aumentar suas fortunas, como Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York e cofundador da Bloomberg, e Charles Koch, presidente e CEO da Koch Industries.

Quem mais ganhou foi Musk, que adicionou US$ 60,5 bilhões à sua fortuna em um ano, em especial pelo aumento de 11% das ações da Tesla e uma nova rodada de financiamento que avaliou a SpaceX, sua fabricante de foguetes, em US$ 127 bilhões.

O dono da Tesla também superou Jeff Bezos como a pessoa mais rica do mundo, com US$ 100 bilhões a mais que o fundador da Amazon em sua fortuna.

*

VEJA QUEM SÃO OS 10 MAIS RICOS DOS EUA, SEGUNDO A FORBES

1 - Elon Musk (Tesla, SpaceX)

Patrimônio líquido: US$ 251 bilhões

2 - Jeff Bezos (Amazon)

Patrimônio líquido: US$ 151 bilhões

3 - Bill Gates (Microsoft)

Patrimônio líquido: US$ 106 bilhões

4 - Larry Ellison (Oracle)

Patrimônio líquido: US$ 101 bilhões

5 - Warren Buffett (Berkshire Hathaway)

Patrimônio líquido: US$ 97 bilhões

6 - Larry Page (Google)

Patrimônio líquido: US$ 93 bilhões

7 - Sergey Brin (Google)

Patrimônio líquido: US$ 89 bilhões

8 - Steve Ballmer (Microsoft)

Patrimônio líquido: US$ 83 bilhões

9 - Michael Bloomberg (Bloomberg LP)

Patrimônio líquido: US$ 76,8 bilhões

10 - Jim Walton (Walmart)

Patrimônio líquido: US$ 57,9 bilhões