Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.971,90
    -44,27 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Elon Musk sugere reativar contas banidas do Twitter

Em mais uma sugestão polêmica, Elon Musk perguntou aos seus seguidores se usuários banidos do Twitter deverim voltar à rede social. A nova enquete lançada pelo bilionário na rede social na quarta (23) já acumula 3,1 milhões de votos — a maioria a favor do retorno dos perfis suspensos.

“O Twitter deveria oferecer uma anistia geral para contas suspensas, desde que não tenham infringido a lei ou se envolvido em spam flagrante?”, questionou o dono do Twitter. O “perdão oficial” já foi concedido para algumas pessoas influentes, como o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o rapper Kanye West.

Reabilitar as contas suspensas no Twitter seria mais uma decisão crítica para a moderação de conteúdo da rede social. A decisão pode fazer com que ainda mais empresas desistam de anunciar na plataforma e agravar os aparentes problemas de relacionamento com a App Store, da Apple.

Tornando a discussão ainda mais séria: Elon Musk sequer especifica quais leis serão analisadas ao reativar contas suspensas — tampouco como o Twitter avaliará tantos perfis. O retorno das contas pode trazer à tona usuários que espalharam notícias falsas ou disseminaram discurso de ódio pela rede social.

A bagunça de Elon Musk

Desde que assumiu o comando do Twitter, Elon Musk foi um agente do caos dentro e fora da rede social. O empresário demitiu boa parte dos funcionários da empresa (incluindo prestadores de serviço) e até chegou a pedir que alguns empregados voltassem a trabalhar posteriormente.

A estreia do Twitter Blue com selo de verificação, também ideia de Elon Musk, gerou uma absoluta desordem do lado de fora da rede social. Inúmeros usuários mal intencionados usaram a oportunidade de usar ter a etiqueta de autenticação de forma fácil para se passar por empresas, políticos, influenciadores e governos. A ideia, obviamente, não durou muito tempo: o serviço foi suspenso dias depois e não há previsão para o relançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: