Mercado fechado

Elon Musk que se cuide. Bolsonaro diz que ‘superbateria’ de nióbio vai revolucionar

Marcus Couto
·2 minutos de leitura
Jair Bolsonaro. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Jair Bolsonaro. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reforçou nesta semana sua visão otimista sobre o potencial do uso do nióbio brasileiro para fins “revolucionários”, inclusive no setor automobilístico. Ele disse que uma “superbateria” baseada em nióbio poderia ser “revolucionária”, apesar de não ter explicado em detalhes essa visão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

"O minério, juntamente com o grafeno, é capaz de produzir maravilhas para o mundo em todos os setores. O que está saindo da prancheta não tem participação nossa, mas nos orgulha muito, é a superbateria de grafeno e nióbio que revolucionará a indústria automobilística do mundo e nós temos isso em abundância”, disse Bolsonaro em evento do Ministério de Minas e Energia. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia também

Atualmente, as baterias elétricas baseadas em lítio são as mais utilizadas pelas grandes empresas de veículos elétricos, inclusive a Tesla de Elon Musk. Muitos especialistas apontam o lítio como o mineral mais propício e economicamente viável para a indústria de carros elétricos.

Mas Bolsonaro vê potencial “revolucionário” no nióbio, e destacou sua abundância e potencial de exploração no Brasil. Na fala dessa semana, sugeriu a importância de um parceiro internacional nessa exploração, para que pudesse haver uma transferência de tecnologia.

"O nióbio, em especial, nós gostaríamos muito de explorar isso no futuro, mas com um País que pudesse nos oferecer um trabalho em conjunto para que venhamos adquirir tecnologia para explorar aquilo que nós temos", disse o presidente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube