Mercado fechará em 3 h 4 min
  • BOVESPA

    108.363,72
    -12,63 (-0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.378,36
    +372,25 (+0,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,59
    +3,09 (+3,94%)
     
  • OURO

    1.666,40
    +30,20 (+1,85%)
     
  • BTC-USD

    19.516,32
    +418,52 (+2,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    445,05
    +16,26 (+3,79%)
     
  • S&P500

    3.702,26
    +54,97 (+1,51%)
     
  • DOW JONES

    29.589,44
    +454,45 (+1,56%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.485,25
    +151,50 (+1,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1765
    +0,0166 (+0,32%)
     

Agora diretor, Elon Musk promete ‘melhoras significativas’ para o Twitter

·2 min de leitura
Elon Musk
Empresário pode se tornar o primeiro trilionário do mundo

(AP Photo/Susan Walsh, File)

  • Elon Musk se torna o novo membro do conselho de diretores do Twitter;

  • Bilionário adquiriu 9,2% das ações do Twitter, equivalente a cerca de R$ 13,3 bilhões;

  • Na plataforma, ele prometeu 'melhorias significativas'.

O bilionário Elon Musk se tornou o mais novo membro do conselho de diretores do Twitter, conforme apontado por documentos da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) nesta terça-feira (5). A informação foi confirmada na rede social.

Ontem (4), foi divulgado que o fundador da Tesla e SpaceX havia comprado uma fatia de 9,2% das ações do Twitter. Com isso, os papéis da rede social chegaram a disparar mais de 25% antes da abertura dos mercados.

O CEO da plataforma, Parag Agrawal, celebrou a inclusão do novo membro do conselho e disse, em seu perfil, que Musk “é um usuário apaixonado e um crítico intenso do serviço, que é exatamente o que precisamos no Twitter”. Em resposta, o bilionário disse que “espera ajudar a rede social a ter "melhorias significativas nos próximos meses".

A participação do bilionário vale US$ 2,89 bilhões (algo em torno de R$ 13,3 bilhões), com base no preço de fechamento do Twitter na sexta-feira (1º), segundo a CNBC.

Críticas à plataforma e nova rede social

No fim de março, Musk voltou a criticar o Twitter e refletiu sobre a criação de uma nova rede social. Na plataforma, ele publicou o seguinte questionamento:

"Liberdade de expressão é essencial para uma democracia funcional. Você acredita que o Twitter rigorosamente adere a esses princípios?". A alternativa ‘não’ ganhou acima dos 70%, depois de mais de dois milhões de votos.

No dia seguinte, ele postou: "Levando em conta que o Twitter serve como uma praça pública de fato, falhar ao aderir aos princípios da liberdade de expressão prejudica a democracia. O que deveria ser feito?”, e complementou. “Uma nova plataforma é necessária?"

A reflexão ganhou cerca de 49 mil comentários e mais de 316 curtidas por parte de usuários que dividiram opiniões. Dentre eles, havia os que acreditavam que a melhor saída seria o empresário comprar o Twitter e remodelá-lo.