Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.392,79
    +699,75 (+2,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Elon Musk processa o Twitter em nova ação de US$ 44 bilhões

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O bilionário Elon Musk entrou dia 29 de julho com um processo contra o Twitter. A nova ação na justiça, acontece depois que a empresa de rede social exigiu, também na justiça, que o homem mais rico do mundo mantenha seu acordo de comprar a organização por US$ 44 bilhões (R$ 228 bilhões). O processo foi aberto confidencialmente.

O processo de 164 páginas foi arquivado pouco antes do prazo das 17h imposto pelo juiz. Seu conteúdo não foi imediatamente tornado público. Mas, conforme as regras do tribunal, uma versão parcial deve ser disponibilizada ainda essa semana.

As ações do Twitter caíram 0,3% com a notícia. O representante da rede social, o porta-voz do Twitter, Brian Poliakoff, não quis comentar o caso. Um analista de investimentos e ex-advogado corporativo, chamado JB Heaton, comentou que essa nova ação judicial impetrada por Musk, possivelmente contém informações que o Twitter compartilhou com o bilionário sob um acordo de confidencialidade.

O Twitter levou a justiça uma ação judicial para obrigar Elon Musk a cumprir acordo de compra firmado entre as partes em abril deste ano (Imagem:Reprodução/Forbes)
O Twitter levou a justiça uma ação judicial para obrigar Elon Musk a cumprir acordo de compra firmado entre as partes em abril deste ano (Imagem:Reprodução/Forbes)

“É quase certo que contenha informações disponibilizadas pelo Twitter, sob a expectativa de confidencialidade”, disse Heaton. O Wall Street Journal revelou que o novo processo aberto por Musk possui uma famosa citação de Warren Buffett: “Somente quando a maré baixa você descobre quem está nadando nu”.

Conforme o periódico, a citação faz alusão ao posicionamento de Musk, ao afirmar que o Twitter escondeu o verdadeiro número de contas falsas na rede social. O julgamento entre Musk e o Twitter começará em 17 de outubro e deve durar cinco dias, a menos que ambas as partes cheguem a um acordo sobre outra data.

Entenda o caso envolvendo Elon Musk e o Twitter

O Twitter entrou com um processo no tribunal de Delaware nos Estados Unidos para forçar Musk a cumprir seu acordo de compra da plataforma de rede social por US$ 54,20 (R$ 280) por ação. Já o bilionário busca na justiça o direito de desistir da compra.

Após comprar quase 10% de ações do Twitter em abril, Elon Musk declarou estar disposto a adquirir toda a rede social por US$ 44 bilhões (R$ 228 bilhões). Mas para que a negociação fosse efetivada, a empresa de rede social precisava revelar informações acerca do número de usuários reais da plataforma.

Julgamento entre Twitter e Elon Musk será em outubro e deve durar 5 dias (Imagem:Reprodução/pexels/Brett Jordan)
Julgamento entre Twitter e Elon Musk será em outubro e deve durar 5 dias (Imagem:Reprodução/pexels/Brett Jordan)

Em maio, os executivos divulgaram um documento revelando que menos de 5% das contas existentes na plataforma são falsas. No entanto, Elon Musk não se convenceu com os números reportados pela organização e dia 8 de junho anunciou sua desistência em comprar a rede social.

Especialistas explicaram que possivelmente o real motivo real para a desistência de Elon Musk é o cenário de incerteza econômica mundial e alta da inflação que derrubou o mercado acionário em todo o mundo.

Na época em que Elon Musk demostrou interesse em comprar o Twitter, as ações da empresa valiam cerca de U$ 50 (R$ 259). Elon Musk se propôs a pagar US$ 54 (R$ 279) por ação.

A desvalorização que atinge o mercado financeiro fez o preço dos ativos caírem para US$ 41 (R$ 212), mais de 20% de desvalorização. Isso afetou a iniciativa do bilionário em adquirir a empresa.

O Twitter recorreu à justiça norte-americana para forçar o acordo de compra assinado por Musk. O caso agora está nas mãos da Corte de Chancelaria de Delaware, nos Estados Unidos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos