Mercado fechará em 3 h 56 min

Elon Musk posta foto de cabeceira com armas e causa polêmica

Elon Musk postou em seu Twitter uma foto de sua
Elon Musk postou em seu Twitter uma foto de sua "mesa de cabeceira". O que chama a atenção na imagem, no entanto, são as armas e as latas de Coca-Cola vazias (NTB/Carina Johansen via REUTERS)
  • Elon Musk tuitou foto com armas e latas de Coca-Cola;

  • Não está claro se Musk realmente tirou a foto ou se é realmente sua mesa de cabeceira;

  • Após o tiroteio na Escola Primária Robb em Uvalde, no Texas, Musk demonstrou apoio ao direito da Segunda Emenda de portar armas.

Elon Musk causou mais uma polêmica nas redes na manhã desta segunda-feira. O executivo postou em seu Twitter uma foto de sua "mesa de cabeceira". O que chama a atenção na imagem, no entanto, são as armas, latas de Coca-Cola vazias, uma garrafa d'água e uma recriação da pintura de Emanuel Leutze de George Washington cruzando o rio Delaware.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com informações do portal Business Insider, Musk acrescentou um pedido de desculpas ao tweet dizendo: "Não há desculpa para a minha falta de porta-copos". Não está claro se Musk realmente tirou a foto ou se é realmente sua mesa de cabeceira.

No início deste ano, após o tiroteio na Escola Primária Robb em Uvalde, no Texas, Musk demonstrou apoio ao direito da Segunda Emenda de portar armas. "Acredito firmemente que o direito de portar armas é uma salvaguarda importante contra a potencial tirania do governo. Historicamente, manter seu poder sobre o povo é o motivo pelo qual os que estão no poder não permitem a posse pública de armas", disse à CNBC em um e-mail.

Ainda de acordo com o Business Insider, Musk também é conhecido por seu amor pela Diet Coke. "Em uma entrevista de 2007, ele disse ao Inc que a certa altura consumiu oito latas de Coca-Cola Diet e muito café em um dia para se manter no controle de sua agenda lotada. Musk disse que seus escritórios só têm Coca Diet sem cafeína agora", diz o texto.

Polêmicas com pagamento

Como parte de uma campanha drástica de corte de custos, Elon Musk teria emitido ordens para retardar ou mesmo interromper os pagamentos a fornecedores e serviços contratados que tivessem sido firmados anteriormente à sua aquisição, informou o The New York Times. A medida gerou reclamações de membros do Twitter e fornecedores a quem a empresa deve milhões de dólares em pagamentos atrasados.

De acordo com a publicação, Musk trouxe aliados da Tesla e The Boring Company com a diretiva de cortar custos. Para isso, o Twitter está pedindo à equipe que revise, renegocie ou até mesmo não pague alguns fornecedores externos . Algumas áreas sob revisão incluem custos de computação, viagens, serviços de software, imóveis e até mesmo alimentação no refeitório do escritório.