Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,35
    -1,06 (-1,19%)
     
  • OURO

    1.793,80
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    24.126,14
    -192,18 (-0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,84
    -17,92 (-3,03%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.684,00
    +2,75 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Elon Musk pede à Justiça mais tempo para responder processo do Twitter

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A novela entre Elon Musk e o Twitter está bem longe de acabar. O bilionário recorreu na justiça americana para que o processo judicial envolvendo ele e a rede social seja adiado para fevereiro do ano que vem.

O Twitter pediu agilidade na Justiça, para que o início do processo seja acelerado e comece em setembro. A defesa de Musk, em petição enviada à corte norte-americana, declara que a complexidade do caso requer um prazo mais longo de avaliação; e que o ideal é após fevereiro do ano que vem.

Segundo os advogados do bilionário, é necessário analisar uma “montanha de dados”, para que fique provado o entendimento de que a rede social possui uma quantidade gigantesca de usuários falsos; e que esse número é muito maior que os 5% relatado pela empresa.

Para a rede social há uma necessidade de agilizar o processo na justiça, pois a organização alega ser necessário proteger o Twitter e seus acionistas do risco dos possíveis danos que podem resultar da recusa do bilionário em não cumprir o acordo de compra assinado por Elon Musk. Ou seja, quanto mais tempo essa novela durar, mais valor de mercado o Twitter pode perder com a queda de suas ações — algo que já vem acontecendo.

O documento enviado pelos advogados de Musk a Corte de Chancelaria de Delaware, defende que o tribunal tem que recusar o “pedido injustificável do Twitter para apressar isso”.

Twitter e Elon Musk estão envolvidos num processo judicial que quer obrigar bilionário a cumprir acordo de compra firmado entre as partes em abril deste ano (Imagem:Reprodução/pexels-BrettJordan)
Twitter e Elon Musk estão envolvidos num processo judicial que quer obrigar bilionário a cumprir acordo de compra firmado entre as partes em abril deste ano (Imagem:Reprodução/pexels-BrettJordan)

Entenda o caso entre Elon Musk e o Twitter

Em abril Elon Musk logo após comprar quase 10% das ações da empresa, se propôs em adquirir toda a rede social por US$ 44 bilhões (R$ 236 bilhões). No entanto, o bilionário solicitou que os executivos do Twitter fizessem um relatório com informações acerca do número de usuários reais da plataforma.

No dia (2) de maio, a empresa divulgou um documento demonstrando que menos de 5% das contas existentes na plataforma são falsas. Contudo Elon Musk não se convenceu com os números reportados pela organização. Ele alega ser esse o motivo para a desistência em comprar a rede social.

Para alguns especialistas o motivo real para Elon Musk não querer mais o Twitter é o cenário de incerteza econômica mundial e alta da inflação que derrubou o mercado acionário mundial.

O preço das ações do Twitter em abril eram de cerca U$ 50 (R$ 268). Elon Musk se propôs a pagar US$ 54 (R$ 290) por ação. Com a forte queda que atingiu o mercado, o valor dos papéis da empresa estão valendo atualmente US$ 38 (R$ 204), mais de 25% de desvalorização. Isso afetou a iniciativa do bilionário em adquirir a empresa.

O Twitter recorreu à justiça norte-americana para forçar o acordo de compra assinado por Musk. O caso agora está nas mãos da Corte de Chancelaria de Delaware, nos Estados Unidos.

O documento que pede a aceleração no processo, levado pelo Twitter à corte estadunidense bate de frente com as alegações da defesa de Musk, de que a empresa não repassou os números reais dos usuários. A organização declarou que sua "tentativa de fugir do negócio é um modelo de hipocrisia".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos