Mercado fechado

Elon Musk oferece US$ 43 bilhões para comprar o Twitter

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O empresário sul-africano Elon Musk, 50, registrou nesta quinta-feira (14) uma proposta para adquirir completamente o Twitter.

Segundo documento registrado na SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, Musk, que é dono da SpaceX e da Tesla, ofereceu US$ 54,20 (cerca de R$ 254) por ação, o que daria cerca de US$ 43 bilhões (cerca de R$ 200 bilhões em conversão direta). O valor de mercado atual do Twitter está na casa dos US$ 37 bilhões (cerca de R$ 174 bilhões)

"Eu investi no Twitter e acredito que [a empresa] tem potencial para ser a plataforma para liberdade de expressão", diz Musk em documento com a proposta de compra. "O Twitter tem um potencial extraordinário. E irei destravá-lo".

O empresário se considera um defensor da liberdade de expressão e já criticou várias vezes as políticas de moderação de conteúdo de redes sociais, que são pensadas como formas de tentar coibir desinformação e barrar discursos de ódio.

No documento, Musk ainda diz que a plataforma deveria se tornar de capital fechado para serem realizadas as mudanças que considera importante para a companhia —atualmente, o Twitter é uma empresa de capital aberto com diversos acionistas. "Desde que investi no Twitter, percebi que a companhia não prosperará nem servirá a este imperativo social da forma como está", afirma.

QUEM É ELON MUSK

Elon Musk é fundador da Tesla (fabricante de carros elétricos) e da SpaceX (empresa espacial). Segundo a revista norte-americana "Forbes", ele é o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada de US$ 219 bilhões (cerca de R$ 1 trilhão).

A publicação norte-americana diz que Musk ganhou US$ 68 bilhões em um ano, impulsionado por um salto de 33% nas ações da Tesla.

No ranking da "Forbes", além de Musk, há outros empresários do ramo da tecnologia no top 10 dos mais ricos. Na segunda colocação, vem Jeff Bezos, fundador da Amazon e da empresa espacial Blue Origin, com uma fortuna estimada de US$ 171 bilhões.

A lista é composta ainda por Bill Gates (4º), que é cofundador da Microsoft, Larry Page (6º) e Sergey Brin (7º), ambos fundadores do Google, além de Larry Ellison (8º), fundador da Oracle, e Steve Ballmer (9º), que é ex-presidente-executivo da Microsoft.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos