Mercado abrirá em 1 h 52 min

Elon Musk é intimado por tweets e Tesla aumenta a projeção de gastos

Elon Musk é intimado por conteúdo de tweets e Tesla aumenta a projeção de gastos
Elon Musk é intimado por conteúdo de tweets e Tesla aumenta a projeção de gastos
  • A Tesla aumentou seu plano de gastos de em US$ 1 bilhão;

  • Um órgão regulador dos EUA questionou o conteúdo de um dos tweets de Musk a respeito da desistência do seu acordo com o Twitter;

  • Desde 2018, após condenação, os tweets de Musk devem ser supervisionados por advogados da Tesla.

A Tesla aumentou seu plano de gastos de em US$ 1 bilhão, disse a montadora elétrica em um documento regulatório na segunda-feira que também divulgou uma segunda intimação relacionada aos tweets do presidente-executivo Elon Musk em 2018 .

A Tesla e a Securities and Exchange Commission (SEC) - a agência reguladora do mercado de capitais dos EUA - resolveram um caso em 2018 que alegava que Musk havia cometido fraude ao twittar que ele tinha “financiamento garantido” para tornar a empresa privada por US$ 420 por ação. A SEC multou ele e Tesla em US$ 20 milhões cada, forçou-o a deixar o cargo de presidente da Tesla, e a empresa concordou em que as declarações públicas de Musk nas mídias sociais fossem supervisionadas por advogados.

De lá pra cá, o órgão entrou em contato algumas vezes com a Tesla a respeito do conteúdo de tweets do bilionário. A última intimação foi enviada no dia 13 de junho, questionando o tweet em que Musk levantava dúvidas sobre sua aquisição do Twitter devido a preocupações com o número de usuários falsos e contas de spam.

A pessoa mais rica do mundo, que se autodenomina “absolutista da liberdade de expressão”, disse em março que seu tweet de “financiamento garantido” era verdadeiro, comparando-se ao rapper Eminem ao tentar descartar seu acordo de 2018 com a SEC.

Enquanto isso, a Tesla espera gastar entre US$ 6 bilhões e US$ 8 bilhões este ano e em cada um dos próximos dois anos, acima do seu plano de gastos anterior de US$ 5 bilhões a US$ 7 bilhões, enquanto busca aumentar a produção em suas novas instalações no Texas e Berlim

Musk havia dito no mês passado que as fábricas estão “perdendo bilhões de dólares” enquanto lutam para aumentar a produção devido à escassez de baterias e problemas portuários na China.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos