Mercado fechará em 4 h 34 min
  • BOVESPA

    99.143,38
    +189,48 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.292,46
    +549,31 (+1,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,41
    +1,98 (+1,83%)
     
  • OURO

    1.809,20
    +7,70 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    19.885,52
    +821,19 (+4,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,80
    +10,66 (+2,54%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.242,74
    +74,09 (+1,03%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.564,25
    -47,00 (-0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5203
    -0,0384 (-0,69%)
     

Elon Musk diz que não comprará Twitter sem garantias sobre contas falsas

This illustration photo taken May 13, 2022, displays Elon Musks Twitter account with a Twitter logo in the background in Los Angeles. - Elon Musk sent mixed messages Friday about his proposed Twitter acquisition, pressuring shares of the microblogging platform amid skepticism on whether the deal will close.
In an early morning tweet, Musk said the $44 billion takeover was
O empresário impôs condições para a compra (Getty Image)
  • Elon Musk havia dito que compraria o Twitter por US$ 44 bilhões;

  • Um pouco após a oferta, impôs a condição de garantias sobre o número de contas falsas;

  • O dono da tesla respondeu o CEO do Twitter com um emoji de cocô.

A novela da compra do Twitter protagonizada por Elon Musk ganha mais um capítulo nesta terça-feira (17). O bilionário afirmou que que a aquisição não vai prosseguir, a menos que ele receba garantias sobre o número de contas falsas na plataforma, o que complicaria a complexa oferta de aquisição da plataforma.

O empresário afirma que a oferta de US$ 44 bilhões está suspensa até que uma solução seja apresentada pela rede social.

"Ontem, o CEO do Twitter se recusou publicamente a mostrar provas de <5%", tuitou Musk para os quase 94 milhões de seguidores na rede social. Ele tinha como exigência confirmar que menos de 5% das contas eram comandadas por robôs. "O acordo não pode avançar até que ele faça isto", completou.

Parag Agrawal, CEO do Twitter, diz que a plataforma suspende mais de meio milhão de contas que parecem falsas a cada dia. De acordo com o executivo, a ação ocorre antes mesmo que os perfis sejam vistos, bloqueando aqueles que não passam nas verificações para garantir que sejam controlados por humanos e não por um software.

Agrawal ainda afirma que as análises internas mostram que menos de 5% das contas ativas em um dia médio são classificadas como "spam". No entanto, essas contas não podem ser replicadas por terceiros devido a requisitos de privacidade.

O dono da tesla rebateu as afirmações de Agrawal com um emoji de cocô. "Então, como os anunciantes sabem o que estão recebendo pelo seu dinheiro?", questionou Elon Musk em uma postagem seguinte sobre a necessidade de provar que os usuários da rede social são pessoas que existem. "Isso é fundamental para a saúde financeira do Twitter", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos