Mercado abrirá em 3 h 11 min

Elon Musk diz que bugs do iOS 13 "quebraram" seu sistema de e-mails

Wagner Wakka

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX, foi um dos afetados pelos vários bugs que chegaram com o lançamento do iOS 13. O sistema operacional chegou ao mercado no ano passado com uma série de problemas — alguns que a Apple ainda está tentando resolver. Segundo o executivo, a atualização “quebrou seu sistema de e-mails”.

Ele participava da conferência Satellite 2002 como um dos entrevistados do evento. O assunto era como a melhoria de programas poderia ter um papel importante no avanço para descobertas espaciais. Musk, então, levantou a questão de que nem sempre a tecnologia avança como esperado, e isso pode ser um grande problema quando se trata de foguetes e SpaceX.

Para ilustrar seu pensamento, ele citou os bugs de lançamento do iOS 13. Para o executivo, era esperado que a Apple avançasse com o sistema operacional, mas a chagada do programa pode ser encarada como um retrocesso — na visão dele.

“O que quero dizer com isso é que a tecnologia não melhora automaticamente. As pessoas estão acostumadas com smartphones melhorando todo ano. Sou um usuário de iPhone, mas acho que algumas das atualizações recentes não têm sido boas, o que funciona como exemplo. Isso meio que quebrou meu sistema de e-mail, o que é bem fundamental”, criticou o CEO.

Apesar da fala, ele não foi específico sobre qual problema teria afetado a forma como se comunica por e-mail em seu iPhone.

Bugs marcaram a chegada do iOS 13 em 2019

Após o lançamento do iOS 13, em setembro do ano passado, a Apple foi bastante criticada pelos usuários pela quantidade de problemas que chegaram com a nova versão do sistema operacional móvel. Alguns deles foram considerados graves, como falhas no teclado, dificuldade de compartilhamento de fotos e vídeos, desconexão do Bluetooth, além da câmera e do touch ID que deixavam subitamente de funcionar.

Por conta disso, dados da própria Apple mostram que o sistema operacional não teve, instantaneamente, a adoção que as versões anteriores tiveram. Por exemplo, após quatro meses de lançamento, o iOS 12 já estava presente em 83% dos aparelhos compatíveis. Já com sete meses de vida, o iOS 13 participa de 70% dos iPhones do mercado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: