Mercado abrirá em 7 h 8 min

Elon Musk dá piti no Twitter em resposta a economista

Elon Musk perdeu o controle e exagerou na resposta a ex-secretário do Trabalho americano (Photo by Evan Agostini/Invision/AP, File)
Elon Musk perdeu o controle e exagerou na resposta a ex-secretário do Trabalho americano (Photo by Evan Agostini/Invision/AP, File)
  • Robert Reich afirmou que a ideia do "self made-man" é uma falsidade;

  • Como exemplo, usou vários bilionários, Elon Musk e a mina de esmeraldas de seu pai;

  • Elon Musk nega propriedade da mina, e disse que Reich é um “idiota e mentiroso”.

O bilionário Elon Musk, exagerou na sua reação em resposta a Robert Reich, o antigo secretário do Trabalho americano da administração Clinton, que afirmou que “os bilionários que se fizeram sozinhos são um mito – assim como os unicórnios”.

O CEO da Tesla e fundador da SpaceX chamou Reich de “idiota e mentiroso”, após o economista afirmar que Musk teve facilidade em acumular sua riqueza porque sua família “possuía uma mina de esmeraldas”. Musk em seguida direcionou Reich para uma publicação de Jeremy Arnold no Substack, argumentando contra a ideia de que Musk veio da riqueza.

O professor da Universidade da Califórnia, em Berkeley, disse em um vídeo que “ser um 'self-made man' é uma boa ideia” porque “sugere que qualquer um pode chegar ao topo se estiver disposto a trabalhar duro o suficiente”. “É disso que se trata o sonho americano”, acrescentou, e em seguida mencionou vários bilionários que, segundo ele, foram ajudados por suas famílias, como Bill Gates e Jeff Bezos.

“As origens dos bilionários self-made são frequentemente retratadas como uma ascensão da 'pobreza à riqueza', ao topo, alimentada por nada além de coragem pessoal e coragem para assumir riscos - como abandonar a faculdade ou iniciar um negócio em uma garagem”, disse Reich.

“Mas, na realidade, as origens de muitos bilionários não são tão humildes”, disse ele, acrescentando que os bilionários passaram de “ricos para ainda mais ricos”, pois estavam “enraizados na educação da classe média alta”. Um dos exemplos citados por Reich foi Elon Musk, afirmando que o bilionário “veio de uma família rica que possuía uma mina de esmeraldas na África do Sul do apartheid”.

Em 2018 a Business Insider publicou uma reportagem revelando que o pai de Musk, Errol Musk, possuía uma mina de esmeraldas na Zâmbia, fato que Musk nega veementemente.

Em março do ano passado, Musk twittou que o artigo era “falso” e que “cheguei sozinho ao Canadá em 1989 com aproximadamente 2.500 dólares canadenses”, e que "(ele) criou sua primeira empresa sem financiamento e apenas um computador que eu construí. Não há nenhuma evidência de uma 'mina de esmeralda'”.

“Meu pai e sua família dependem do apoio financeiro de meu irmão e eu há mais de 20 anos”, acrescentou.