Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.371,23
    +1.346,05 (+3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Elon Musk critica sistema de direção autônoma da Tesla: "Não é tão bom"

·2 minuto de leitura

Sempre que Elon Musk tuíta, pode esperar que vem uma manchete aí — e não deu outra. O CEO da Tesla tratou de falar sobre o Full Self-Driving (FSD), o sistema de direção autônoma da montadora que segue em fase beta e passa por contantes atualizações. Segundo publicação do executivo no Twitter na segunda-feira (23), o recurso, apesar de estar em evolução, ainda não está como a empresa — e ele — desejam.

O FSD está em sua versão beta 9.2 e, mesmo com a sinceridade de Musk, é possível notar que o sistema funciona bem, apesar de algumas falhas recentes. A Tesla, recentemente, abandonou o uso de radares e sensores como o LiDAR para usar exclusivamente seu conjunto de câmeras, o Tesla Vision. Isso, claro, deve atrasar um pouco o desenvolvimento do FSD, o que pode indicar a insatisfação do executivo.

No mesmo tuíte em que critica o FSD, Musk também dá uma breve explicação do que está acontecendo com o sistema. O recurso utiliza ferramentas de machine learning para aprender os caminhos das ruas e, segundo o executivo, o treinamento dos automóveis precisará ser ainda mais intenso para garantir que ele funciona bem. Esse, talvez, seja o preço a ser pago pelo uso exclusivo de câmeras e não de radares.

Vale lembrar que o FSD passa por um processo de investigação nos Estados Unidos devido a uma falha de identificação no sistema, que simplesmente não freia quando existe um carro parado lateralmente nas vias expressas ou estradas. A montadora já prometeu que vai averiguar o caso e que isso já deverá estar solucionado na próxima atualização. Até lá, o elogiado time de inteligência artificial da Tesla seguirá com forte pressão do seu mandatário.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos