Mercado abrirá em 9 h 13 min
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,52 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,04
    +0,34 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.733,30
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    60.606,65
    +854,36 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.295,96
    +1,38 (+0,11%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.808,56
    +355,28 (+1,25%)
     
  • NIKKEI

    29.848,41
    +309,68 (+1,05%)
     
  • NASDAQ

    13.817,75
    +9,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8192
    -0,0113 (-0,17%)
     

Elon Musk anuncia compra de cachorro Shiba Inu e moeda com mesmo nome sobe 300%

·1 minuto de leitura
(BRITTA PEDERSEN/POOL/AFP via Getty Images)
(BRITTA PEDERSEN/POOL/AFP via Getty Images)

O bilionário Elon Musk está acostumado a influenciar o mercado usando sua conta no twitter. Neste sábado (13), o CEO da Tesla disse que compraria um cachorro Shiba Inu para sua casa, a publicação que já conta com mais de 200 mil curtidas, fez a criptomoeda de mesmo nome subir 300% nas horas seguintes.

Ao que parece, investidores se enganaram e acharam que Musk estava falando da criptomoeda SHIB, que é um token ERC-20 (Ethereum), e pode ser negociado em corretoras descentralizadas, como a 1Inch e Uniswap.

Ainda não está claro se o bilionário realmente pretende adicionar um Shiba Inu à sua família ou se o tweet foi outra tentativa de aumentar o preço de certos tokens, como a SHIB e a Dogecoin, que tem um cachorro da mesma raça como símbolo.

Musk tem se envolvido cada dia mais com criptomoedas. No início de fevereiro, um processo da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA revelou que a Tesla havia comprado US$ 1,5 bilhão em Bitcoin. Antes disso, Elon costumava influenciar a DOGE a ponto de um único tweet sobre a moeda causar um aumento de quase 40% no preço da moeda em apenas meia hora.