Mercado abrirá em 9 h 26 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,88
    -1,78 (-2,15%)
     
  • OURO

    1.801,50
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    58.848,21
    -1.741,57 (-2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.410,05
    -64,28 (-4,36%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.665,21
    +36,47 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.877,40
    -220,84 (-0,76%)
     
  • NASDAQ

    15.606,50
    +19,25 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4203
    -0,0044 (-0,07%)
     

ELEV | Empresa brasileira promete facilitar a vida dos donos de carro elétrico

·1 minuto de leitura

O Brasil agora passa a ter mais uma empresa focada na mobilidade elétrica. Fundada em 2021, a brasileira Elev chega para expandir o acesso aos serviços de carregamento de carros elétricos no país, oferecendo um aplicativo que indica aos motoristas onde recarregar seu automóvel, além de fornecer às empresas soluções completas em instalações de wallboxes e demais carregadores.

Para o consumidor, a Elev tem como principal produto um aplicativo que apresenta diversas informações sobre os mais de 600 eletropostos no país e em 3 idiomas, exibindo a localização do ponto mais próximo de recarga e a rota para chegar lá. Já para empresas, o serviço será mais voltado aos dos postos de recarga, fazendo desde a análise e planejamento do local, até a instalação e gerenciamento do equipamento.

Segundo a empresa, com o aumento da demanda dos carros eletrificados no Brasil, uma boa oportunidade de mercado surgiu e é por esse caminho que a Elev deve seguir, sobretudo na instalação dos pontos de recarga, a maior preocupação de quem tem um veículo elétrico ou híbrido plug-in. Para isso, o investimento inicial foi de cerca de R$ 400 mil, com planos de expansão não apenas em território nacional, como também na América Latina.

(Imagem: Divulgação/ELEV)
(Imagem: Divulgação/ELEV)

"A expectativa é que em menos de 15 anos mais da metade da frota brasileira de veículos seja composta por elétricos e não podemos ir na contramão dessa realidade. Sendo uma grande solução, é algo que precisa ser planejado desde já. Regras, determinações e conceitos devem ser elaborados para a correta evolução do mercado nacional de mobilidade elétrica", disse Rodrigo Aguiar, sócio-fundador da Elev, em comunicado enviado ao Canaltech.

O aplicativo da Elev está disponível apenas para Android e pode ser baixado aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos