Mercado fechado

Eletrobras diz que governo publicou decreto para aumento de capital de até R$9,9 bi

Por Luciano Costa

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras informou que o presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que autoriza um aumento de capital proposto pela administração da companhia, de até 9,9 bilhões de reais.

A operação será alvo de deliberação dos acionistas da companhia em assembleia geral extraordinária agendada para 14 de novembro de 2019, acrescentou a Eletrobras em comunicado na noite de quarta-feira.

A proposta apresentada pela Eletrobras para a transação envolve a participação da União por meio da capitalização de Adiantamentos para Futuro Aumento de Capital (AFACs) realizados nos últimos anos.

A realização da capitalização, no entanto, dependia de decreto presidencial.

O decreto aponta que a União poderá subscrever ações na capitalização por meio da incorporação de AFACs realizados antes de 2017, no montante de 4,05 bilhões de reais, atualizado pela Selic até 30 de setembro.

A Eletrobras ressaltou que o aumento de capital não tem relação com a proposta de capitalização da companhia, que foi enviada pelo governo ao Congresso Nacional na terça-feira, por meio de projeto de lei.